A Bomcobras, uma joint venture entre o grupo Asperbras e Brasil China Petróleo (BRCP) e a chinesa Baoji Oilfield Machinery Company (Bomco), subsidiária da semi-estatal China National Petroleum Corporation (CNPC), iniciou investimentos de R$ 130 milhões em Salvador (BA), para construção de uma fábrica de máquinas e equipamentos destinados à prospecção e extração de petróleo e gás.

Localizada em uma área de 50 mil metros quadrados, na Região Metropolitana de Salvador, a unidade produzirá equipamentos para exploração onshore e offshore, entre os quais bombas de lama, tubos e torres de perfuração, guindastes e sondas com alcance de até 12 mil metros. De acordo com o vice-presidente do conselho de administração da Bomcobras e presidente da Asperbras, Francisco Colnaghi, a meta é, em dois anos, "ser capaz de atender às normas de conteúdo nacional exigidas pelo governo brasileiro". A estatal chinesa Bomco, uma das maiores do mundo na fabricação de máquinas e equipamentos para petróleo e gás, detém 34% da joint venture. Os demais 66% estão nas mãos das brasileiras Asperbras e BRCP.

Autor(es): Portal IG

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás