Unimonte cria curso de GeologiaAntenada às dinâmicas decorrentes da exploração de petróleo e gás na Bacia de Santos e do maior aproveitamento dos recursos minerais por parte do setor corporativo, a Unimonte acaba de criar sua faculdade de Geologia. A instituição, que tem como reitor Ozires Silva, fundador da Embraer e ex-presidente da Petrobras, figura agora como a segunda do setor particular no Brasil a oferecer o curso.
 
O curso terá duração total de 5 anos e as inscrições para preenchimento das vagas estão abertas por meio do Vestibular 2012. De acordo com o coordenador, professor Juarez Fontana dos Santos, o curso de Geologia da Unimonte apresenta uma estrutura curricular bastante moderna e interativa, que visa formar profissionais para atuar tantos nos segmentos de petróleo e gás, quanto nos de mineração e meio ambiente.
 
“O geólogo tem um papel fundamental e relevante na análise e interpretação da geologia das áreas promissoras e na condução dos programas de prospecção, pesquisa e aproveitamento dos recursos naturais, tendo um lugar de bastante destaque em organizações que lidam com estas questões”, explica Fontana, que tem 44 anos de experiência no setor e formação de doutor em Política e Administração de Recursos Naturais pela Unicamp e de mestre em Geologia Econômica e Hidrogeologia pela USP.
 
Para proporcionar as melhores práticas de aprendizado aos universitários, a Unimonte conta com um corpo de docentes com larga experiência profissional no exercício da geologia, e reúne laboratórios de sedimentologia, micropaleontologia e geologia. “Mais do que isso, os estudantes poderão realizar saídas de campo em áreas específicas da Baixada Santista, tendo o suporte inclusive da embarcação da Unimonte, o Lugano”, comenta o professor Juarez Fontana.
 
Curso de GeologiaA Unimonte, como maneira de tirar dúvidas e tornar mais claro o entendimento sobre o que é e qual a importância da Geologia, disponibilizou um vídeo no canal Unimonte Vídeos no Youtube. 
 
Vale lembrar que além do curso de Geologia, a Unimonte possui outras duas opções de graduação de nível superior no eixo de petróleo e mineração. São elas: Engenharia de Petróleo e Gás e, também, o curso tecnológico em Petróleo e Gás, que recentemente obteve nota 4 (de um total de 5) em avaliação in loco realizada pelo MEC. 
 
Mercado de trabalho

É fato. Impulsionada pelo setor petrolífero, a Geologia amplia cada vez mais sua importância e força. As contínuas descobertas no Brasil de reservas de petróleo e gás agem como mola propulsora para o crescimento da demanda por profissionais para trabalhar em empresas deste ramo. E os geólogos, chamados também de ‘Cientistas da Terra’, aparecem entre os principais requisitados, justamente por reunirem conhecimento principalmente para analisarem e darem aval para a exploração de estruturas rochosas, questões imprescindíveis no processo de exploração.
 
Além de realizar estudos neste segmento, os geólogos podem se envolver em uma outra série de campos de atuação, como na prospecção de recursos naturais, engenharia geológica, geologia ambiental, mineração e hidrologia.
 
“Fora que a remuneração destes profissionais é altamente destacada, existindo abertura para atuar em empresas do porte de Petrobras, Votorantim, Gerdau, entre outras”, ressalta o coordenador do curso de Geologia da Unimonte, professor Fontana.

Autor(es): Assessoria de Imprensa da Unimonte

facebook      twitter      google+

Carreira Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Carreira Industrial