Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Argentina quer Brasil como parceiro para enfrentar a crise

Se a recessão nos EUA e na Europa piorar, a economia argentina deve se voltar para o mercado doméstico e para o Mercosul, inclusive o Brasil

Mais notícias relacionadas a economia:

Definição de otimização restrita
Na microeconomia de uma empresa, conceito de otimização é usado para maximizar a produção e ...


O que é capital de risco verde
Junto com a ênfase na natureza ecológica da operação comercial, empresas que buscam capital de ...


Definição de valor contábil
Dois dos principais fatores que entram no cálculo do valor escrito, ou contábil, são depreciação ...


Argentina quer Brasil como parceiro para enfrentar a criseA Argentina considera o Brasil um parceiro "decisivo" para enfrentar os efeitos da crise econômica que afeta os Estados Unidos e a Europa, disse nesta segunda-feira o vice-ministro de Economia argentino, Roberto Feletti.

Segundo ele, o país "está em uma boa situação" econômica, mas se a crise internacional se agravar, a economia argentina deverá se voltar ao mercado doméstico e ao comércio com o Brasil e outros países da região. "As relações com o Brasil são decisivas para a Argentina no que se refere à indústria, exportações, mas também no campo político".

"Hoje, ninguém pode ter aspirações políticas se não buscar uma integração sul-americana e relações próximas com o Brasil", ressaltou Feletti, em declarações à rádio "La Red". O Brasil importa da Argentina "cerca de US$ 20 bilhões por ano", apontou o funcionário, depois de destacar que os ministros de Economia da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) trabalham com mecanismos para proteger a região.

Se a crise se aguçar, a Argentina "terá de substituir as vendas no exterior por vendas internas, com demanda interna e com vendas no bloco regional", como o fez em 2009, indicou o vice-ministro de Economia.

"Por isso, convocamos todos os ministros de Economia da América do Sul no mês passado para analisar uma estratégia comum", acrescentou. "Estamos tranquilos. A Argentina tem pouca dívida, tem bom nível de reservas, tem superávit nas contas comerciais e não estamos expostos a um ataque financeiro - não há possibilidades disso".

Portal IG

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a economia:

Governo incentiva indústria farmacêutica

Foi lançado na última quinta-feira (11/4) um pacote de medidas com o objetivo de impulsionar a indústria brasileira no setor de saúde. A iniciativa do Governo ...
O que é liquidação na economia

Liquidação é o processo de tomada de ativos reais de um negócio para transformá-los em dinheiro, seja para pagar dívidas ou para obter um lucro pessoal. A ...
Definição de Integração Econômica

A integração econômica é um processo em que as barreiras ao comércio são reduzidas ou eliminadas para facilitar o comércio entre as regiões ou na ...
O que é colapso econômico

Um colapso econômico é uma situação em que a economia local, regional ou nacional passa por uma crise dramática, que afeta negativamente a capacidade das pessoas que vivem ...
O que é Mercantilismo

Mercantilismo é uma das maiores teorias econômicas que diz que a riqueza de uma nação pode ser medida pelo seu pronto fornecimento de capital. O mercantilismo afirma que a ...
O que é democracia econômica

Democracia econômica é uma filosofia de socioeconomia. Socioeconomia é o estudo e a exploração da economia quando vista no contexto de valores sociais humanos, comportamentos e interações. Dentro deste ...
JPMorgan nomeia novo presidente global de mercado de capitais

JPMorgan Chase & Co. (JPM), o maior banco dos EUA em ativos, continuou insuflando a gestão em seu banco corporativo e de investimentos, nomeando Kevin Willsey como o novo presidente ...

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google