Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

SKF inaugura fábrica de segunda geração de rolamentos com investimento de R$ 13,5 milhões

Mais notícias relacionadas a empresas:

Golden apresenta lâmpadas com elevado fator de potência
Linha possibilita usar luz fluorescente em locais grandes com pé direito alto, oferecendo ótima iluminação.


Banco do Brasil facilita compra de equipamentos
BB Crédito Empresa serve para companhias que faturam até R$ 90 milhões anualmente


Honda Brasil investe em energia eólica
Novo parque de energia irá suprir toda a demanda da fábrica de Sumaré (SP) e ...


Nova linha HBU-2 tem sensor para ABS, é mais leve e eficiente e contribui para a redução de emissões de CO2. Produto também terá aplicação mais simples e rápida nas montadoras.

A SKF do Brasil inaugura hoje, 24 de outubro, a segunda fábrica de rolamentos em seu parque industrial de Cajamar, no interior de São Paulo. Resultado de investimentos de R$ 13,5 milhões, a nova unidade será a primeira da América do Sul a produzir rolamentos de roda de segunda geração para a indústria automotiva local. A capacidade inicial de produção é de 1,2 milhão de rolamentos por ano, mas deve chegar a 2,1 milhões até 2014.

O produto que sairá da nova linha de produção, o rolamento HBU-2 para rodas, vem com sensor de ABS, antecipando a exigência da legislação brasileira que prevê adoção o uso do dispositivo nos carros fabricados a partir de 2014.

O novo rolamento também elimina etapas de montagem nas linhas de produção. “ A geração anterior de rolamentos para rodas exigia a integração de 13 a 15 partes nas montadoras. O HBU-2 chega às linhas de produção totalmente montado, o que trará ganhos de produtividade para nossos clientes”, diz Donizete Santos, presidente da SKF do Brasil.

Outro diferencial da nova família de rolamentos está no impacto ambiental. O HBU-2 é 20% mais leve que os rolamentos atuais, tem menor coeficiente de atrito e gira de forma mais suave, o que reduz o consumo de combustível e, por consequência , a emissão de CO2.

Segundo Amadeo Comin, diretor industrial da SKF do Brasil, outra vantagem do HBU-2 é que o componente e já vem com lubrificação e vedação. “É um produto para a vida toda do veículo”, explica.

Os novos rolamentos já tem encomenda nas montadoras. A princípio, ele deve equipar carros populares fabricados no Brasil. Para atender os primeiros pedidos, a SKF trouxe um lote da fábrica da Coreia para que fossem feitos testes e iniciada a produção. “Já começamos a entregar para os clientes”, diz Santos.

Os rolamentos HBU-2 irão substituir gradativamente os atuais componentes que equipam as rodas dos automóveis fabricados no país. Eles foram desenvolvidos no centro de pesquisas da SKF na Holanda. “Saímos na frente para atender um mercado cada vez mais exigente”, avalia o presidente da SKF do Brasil.

A nova fábrica da SKF se integrará ao parque da empresa no país que hoje tem capacidade de produção de 35 milhões de rolamentos ano (37,6 milhões coma nova unidade). Os canais de produção atuais são dedicados à fabricação de rolamentos cônicos, de primeira geração. “Estas linhas serão cada vez mais direcionadas para o atendimento de aplicações de câmbio e transmissão, tanto para o mercado doméstico como para os mercados da Argentina, EUA e Europa”, diz Donizete Santos.

Nova fábrica nasce com passaporte sustentável

Além de produzir um produto com conteúdo tecnológico inovador, a nova unidade da SKF também traz para o grupo novos conceitos sustentáveis de produção. A unidade já nasce com o selo LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), adaptado às condições ambientais e à realidade brasileira para certificação de edifícios sustentáveis.

O certificado é concedido pela ONG Green Building Council Brasil, braço do World Green Building Council, entidade criada por um grupo de líderes do setor imobiliário e de representantes de entidades ligadas a questões ambientais. “Esta fábrica é uma resposta ao novo cenário de eficiência ambiental”, diz Donizete Santos.

Para se adequar à certificação, o projeto da fábrica se cercou de cuidados. O teto do galpão da fábrica é branco, o que melhora a luminosidade interna. As lâmpadas usadas na fábrica são de led, que não transmitem calor e consomem muito menos energia. “Tudo aqui foi pensado para atender critérios ambientais. Essa fábrica irá consumir 28% menos energia que uma similar tradicional”, explica Comin.

O sistema de ventilação natural da fábrica também foi pensado para garantir conforto aos funcionários. Os vestiários têm um sistema de aquecimento de água que consome 25% menos energia e gera menos gás carbônico na atmosfera.

Donizete Santos lembra que o uso de água da fábrica foi planejado para provocar o menor impacto possível no ambiente. “Toda a água dos bebedouros e dos vestiários é reutilizada como água industrial”, complementa Comin, será de 30 metros cúbicos. “Nosso compromisso é com o meio ambiente. Tratamos toda a água antes do descarte final”, afirma o diretor.

Os procedimentos da nova fábrica foram pensados nos mínimos detalhes. Comin conta, por exemplo, que os caminhões que foram empregados na construção da fábrica tinham de passar por uma lavagem na saída, para evitar que voltassem para a estrada com barro nos pneus.

Para Santos, a sustentabilidade e a inovação estão presentes em todos os segmentos de atuação da SKF. “Viramos especialistas em imprimir eficiência para os nossos clientes. Seja na indústria automotiva, seja em outros setores da economia, estamos de olho nos ganhos permanentes e nas relações de longo prazo”.

“Este projeto combina o melhor dois mundos: produto inovador com impacto ambiental positivo, fabricado numa planta construída baseada em conceitos verdes”, finaliza o presidente.

Sobre a SKF

O grupo sueco SKF é líder mundial nas plataformas de rolamentos, vedações, sistemas de lubrificação, mecatrônica e serviços na área de confiabilidade em manutenção industrial. Dono de um faturamento de US$ 9,5 bilhões em 2010, o grupo está presente em mais de 100 países, com mais de 120 plantas industriais.

A companhia chegou ao Brasil em 1915, oito anos depois de sua fundação na Suécia. No país, a empresa é líder de mercado nos setores em que atua. A produção da unidade brasileira está concentrada na planta industrial de Cajamar, instalada às margens da rodovia Anhanguera, a 30 km da cidade de São Paulo, onde são produzidos rolamentos para veículos leves.

Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a empresas:

O que é espionagem industrial

A espionagem industrial é uma tentativa de obter acesso a informações sobre planos da empresa, produtos, clientes ou segredos comerciais. Na maioria dos casos, tal conduta, especialmente quando se trata ...
Minério de ferro e ouro impulsionarão lucro da Vale

O avanço no preço do minério de ferro, que cresceu aproximadamente 23% até março, na comparação com o quarto trimestre de 2012, e o acordo ...
Kia Motors faz recall no Brasil

No dia 1º de maio, tem início o recall dos carros modelos Soul, Carens, Carnival e Sorrento (anos 2007 e 2008) e Sorento (2009 a 2011), da montadora Kia ...
Agrale apresenta caminhões na Agrishow 2013

A Agrale apresenta na Agrishow 2013 dois modelos da sua linha de caminhões, o Agrale 8700 e o 14000. A feira acontece entre os dias 29 de abril e ...
Klüber Lubrication investe na gestão do conhecimento

A subsidiária da América Latina da Klüber Lubrication, especializada em soluções com lubrificantes especiais, definiu a gestão do conhecimento como um dos principais pontos da ...
Fiat ultrapassa 5 milhões de carros flex feitos no Brasil

A Fiat ultrapassou nesta semana a marca de 5 milhões de automóveis e comerciais leves produzidos com a tecnologia Flex Fuel. Atualmente, 99% dos veículos produzidos para ...
Bener Presses lança máquina de corte laser por fibra ótica

Na Feimafe 2013, o Grupo Bener apresentará a máquina de corte laser por fibra óptica modelo BLS-F 3015/2000, da Baykal, fabricante turca representada exclusivamente desde 2011 no Brasil ...

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google