A Contrail começou, no último dia 22, os testes operacionais de trens de contêineres entre as margens do porto de Santos, no litoral de São Paulo.

O primeiro trem, com 46 vagões, saiu do Terminal do Valongo (Teval), na entrada de Santos, e seguiu até a Santos Brasil, no Guarujá. Segundo o acionista controlador da empresa, Guilherme Quintella, os vagões utilizados ainda não foram os double-stack.

Quintella fez uma apresentação sobre o projeto para transporte de contêineres da Contrail, em parceria com a MRS, durante o III Encontro de Ferrovias, promovido pela Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF). O evento começou nesta quinta-feira, 27/10, em Juiz de Fora, Minas Gerais.

A Contrail quer instalar um modelo logístico de transporte de contêineres suportado por um hub, interligando os terminais de captação e distribuição de contêineres no interior aos terminais marítimos de Santos. Divido em três partes, o projeto estima investimentos da ordem de R$ 600 milhões e, quando finalizado, deverá movimentar 2,6 milhões de TEUs por ano.

Autor(es): Revista Ferroviária

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística