Indústria avança em oito dos 14 locais pesquisados pelo IBGEA produção industrial avançou em oito das 14 regiões pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de outubro para novembro de 2011. De acordo com os dados divulgados hoje, Goiás apresentou o maior crescimento (11,6%), após uma queda de 9% em outubro.

As demais regiões que apresentaram crescimento na indústria foram Paraná (5,4%), Espírito Santo (4,7%), Minas Gerais (4,6%) e Rio de Janeiro (3,9%), São Paulo (1,9%), que recuperou parte da perda de 7,5% verificada nos dois últimos meses de queda na produção, Santa Catarina (1,6%) e Pará (0,5%).

Por outro lado, apresentaram queda na produção: Ceará (-0,3%), Rio Grande do Sul (-1,3%), Pernambuco (-2,4%), Região NIndústria avança em oito dos 14 locais pesquisados pelo IBGEordeste (-2,9%), Amazonas (-3,0%) e Bahia (-6,4%).

Na comparação com novembro de 2010, a indústria apresentou queda em oito dos 14 locais pesquisados. Foram eles: Santa Catarina (-7,7%), Ceará (-6,8%), São Paulo (-4,9%), Bahia (-4,2%), Rio Grande do Sul (-3,4%) e Região Nordeste (-2,6%), Rio de Janeiro (-1,5%) e Pará (-1,0%). Já as localidades que registraram aumento na produção industrial foram Goiás (13,3%), Paraná (9,2%), Espírito Santo (4,1%), Minas Gerais (2,8%), Pernambuco (1,9%) e Amazonas (0,5%).

Na comparação do acumulado de janeiro a novembro de 2011 frente ao mesmo período de 2010, o aumento da produção das indústrias foi registrado em nove dos 14 locais pesquisados: Espírito Santo (6,7%), Goiás (6,2%), Paraná (5,6%), Amazonas (4,0%), Pará (2,4%), Rio Grande do Sul (1,8%), Rio de Janeiro (0,8%), Minas Gerais (0,6%) e São Paulo (0,5%).

Ainda de acordo com o IBGE, a produção industrial do país teve alta de 0,3% em novembro do ano passado.

Autor(es): Agência Brasil

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia