O ministro interino do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), Alessandro Teixeira, disse ontem, em Brasília, que o governo vai adotar novos incentivos à indústria nacional. Segundo ele, o governo quer garantir que o setor no mínimo mantenha o desempenho alcançado no ano passado.

“Nós teremos medidas que vão auxiliar a defesa da indústria, medidas que vão fortalecer a produção local e também em relação ao crédito, que é muito importante para a indústria, especialmente em um ano em que a liquidez internacional está cada vez mais reduzida”, disse ao participar da abertura da Feira Internacional de Calçados, Artigos Esportivos e Artefatos de Couro (Couromoda).

O evento, que ocorre na capital paulista até quinta-feira (19), é anunciado como o maior da América Latina no ramo. Estão reunidas no Pavilhão do Anhembi cerca de mil empresas de 13 estados brasileiros.

O presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Milton Cardoso, cobrou mais rigor no combate ao dumping praticado principalmente por empresas chinesas.

Ele ressaltou que o setor calçadista tem uma extensa cadeia produtiva que vai desde a produção das matérias-primas a montagem do produto final. “Essas coisas não podem ser destruídas de uma hora para outra por uma concorrência desleal”.

Autor(es): Agência Brasil

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia