Tecon Santos bate novo recorde de produtividadeO Tecon Santos bateu mais uma marca histórica de eficiência operacional, a primeira registrada em 2012. O indicador de março aponta 81,86 Movimentos por Hora (MPH), média mensal por navio. Foram 87 mil contêineres, movimentados em 104 navios no período de 30 dias. Com esse indicador, a Santos Brasil se mantém no patamar de eficiência dos principais operadores europeus. A companhia tem feito aportes tecnológicos com a aquisição de máquinas e equipamentos de ponta, que preparam seus terminais para receber as embarcações Superpost Panamax.

-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Segundo Caio Morel, diretor de operações da Santos Brasil, a eficiência operacional do terminal é fruto do comprometimento de toda a equipe. "Nosso objetivo é continuar melhorando os indicadores. Para tanto, investimos em equipamentos e em treinamento dos nossos funcionários constantemente", assegura Morel.

Operação da Santos Brasil movimentou 87 mil contêineres em março de 2012

                                    Operação da Santos Brasil movimentou 87 mil contêineres em março de 2012

O indicador mensal de produtividade da Santos Brasil é o maior registrado entre os terminais que movimentam contêineres na América do Sul. O Tecon Santos já chegou a fazer, em janeiro deste ano, 155,5 MPH na operação de um único navio, o Maersk Lirquen, superando seu próprio recorde que era de 136,64 MPH, obtido no Monte Cervantes em junho de 2010.

“Esses recordes são referentes a operação individual , já o cálculo da média mensal considera o MPH realizado em todas as embarcações no período de 30 dias. Neste quesito, o Tecon Santos tem apresentado o melhor desempenho já atingido nos portos brasileiros”, destaca o diretor de operações.

A Santos Brasil investiu no Tecon Santos, ao longo de 2011, R$ 43,4 milhões. Foram adquiridos 12 novos RTG twin picks (capazes de içar dois contêineres de 20 pés) e 30 novos terminal tractors. O investimento realizado, desde 1997 quando assumiu concessão do Tecon Santos, soma R$ 1,9 bilhão (em valores atuais).

Investimentos em tecnologia são foco da Santos Brasil

Investimentos em tecnologia são foco da Santos Brasil

Os aportes foram destinados às obras de ampliação, modernização tecnológica e capacitação profissional. Na avaliação de Morel, tecnologia associada à capacitação são elementos fundamentais para o aumento de produtividade, uma vez que melhoram o fluxo de contêineres, aumentam a eficiência e a capacidade de armazenagem no pátio.

Sobre a Santos Brasil

A Santos Brasil é referência em operação de contêineres, armazenagem e logística. Criada há 14 anos para operar o Tecon Santos (SP), a empresa já investiu R$ 3,0 bilhões, calculados a valor presente, em aquisições, expansões, novos equipamentos, gestão e gente. Antecipando-se ao crescimento do fluxo de comércio internacional, a Santos Brasil colaborou significativamente para aumentar a capacidade logística portuária do país. A produtividade do Tecon Santos, por exemplo, é a mais alta do Brasil: média mensal de 80 MPH (movimentos por hora).

Além do Tecon Santos, a companhia opera mais dois terminais de contêineres (Vila do Conde -PA e Imbituba -SC) e um terminal de veículos (TEV) no Porto de Santos. Conta também com uma operadora logística e de cargas gerais, a Santos Brasil Logística, que atua de forma integrada aos terminais viabilizando o atendimento ao cliente em todas as etapas da cadeia logística do porto até o transporte e distribuição. Listada no nível 2 de governança corporativa, a Santos Brasil adota um modelo de crescimento contínuo e sustentável, que alia alto desempenho financeiro e operacional com preservação ambiental e responsabilidade social.

A Santos Brasil está no Facebook, Flickr e Twitter.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística