São Paulo, 19 de Junho de 2012 - A Fluke Networks, fornecedora de soluções inovadoras para instalação e certificação, teste, monitoramento e análise de redes de cobre, fibra óptica e wireless, acaba de anunciar uma nova versão de seu produto Network Time MachineTM, equipamento de alto desempenho, para análise de links LAN, armazenagem de pacotes para "data forensics" e troubleshooting retroativo para resolução de problemas intermitentes. A ferramenta possui agora o primeiro pacote de aplicativos que oferece a funcionalidade de análise automatizada de multi-segmentos (Auto MSA), para tráfego de rede de até 40 Gbps.

Os profissionais de rede terão a flexibilidade de usar versões montadas em racks bem como portáteis, ou mesmo o Tablet de Análise de Rede OptiView® XG da Fluke Networks, para obter informações de pacote em múltiplas camadas, no Centro de Dados ou em uma rede distribuída. Isto oferece uma visão completa do pacote de transações e localiza os defeitos com uma velocidade quase cinco vezes superior à das soluções concorrentes. (1)

Espera-se que até 2015 o crescimento das unidades de servidores com interface Ethernet de 40 Gbps seja superior a 40%, o que representa novos desafios para localizar atrasos de pacotes e perdas em diferentes segmentos de rede.(2) "Tanto nossos clientes empresariais como as operadoras têm que ser capazes de fazer o troubleshooting em links de alta velocidade, quer estejam no Centro de Dados ou em campo", disse Mitsuru Onodera, gerente executivo de tecnologias de informação e de comunicações da Toyo Corporation. "Soluções como a nova versão da Network Time Machine são essenciais para ajudar a aperfeiçoar o troubleshooting, onde quer que ele seja necessário".

"Os investimentos de nossos clientes em pipelines de 40 Gbps são enormes, e eles precisam ter a certeza de que estão maximizando o investimento", disse Dryle DeBalski, Vice-Presidente e Gerente Geral da Fluke Networks. "A versão mais recente da Network Time Machine demonstra o nosso compromisso permanente de acompanhar as tecnologias que nossos clientes estão utilizando, e de ajudá-los a impulsionar o valor e o desempenho da sua infraestrutura".

A nova versão da Network Time Machine é capaz de capturar 20 Gbps stream-to-disk (Tolly Group Certified) (3), e a versão portátil consegue capturar 10 Gbps stream-to-disk, e estará disponível em setembro.

Para maiores informações, acesse pt.flukenetworks.com.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas