Fiat ultrapassa 5 milhões de carros flex vendidos no BrasilA Fiat ultrapassou nesta semana a marca de 5 milhões de automóveis e comerciais leves produzidos com a tecnologia Flex Fuel. Atualmente, 99% dos veículos produzidos para o mercado brasileiro pela empresa em Betim, Minas Gerais, contam com a opção bicombustível, sendo equipados com motores que funcionam com gasolina, etanol ou a mistura de ambos os combustíveis em qualquer proporção.

A tecnologia Flex Fuel, desenvolvida há 10 anos de modo pioneiro pela Magneti Marelli, é uma vantagem comparativa da frota brasileira de automóveis e comerciais leves e um diferencial relevante para o meio ambiente, por permitir a utilização de expressivo percentual de combustível renovável na matriz energética da mobilidade.

“A Fiat sempre esteve conectada com novas tecnologias sustentáveis, como é o caso do etanol”, afirma Cledorvino Belini, presidente do grupo Fiat Chrysler para a América Latina. A Fiat foi pioneira na utilização do etanol como combustível, ao lançar, em 1979, o primeiro carro brasileiro movido a álcool produzido em série, o Fiat 147.

Empresa bate marca na fábrica em Betim (MG)

Empresa bate marca na fábrica em Betim (MG)

A empresa também foi pioneira no desenvolvimento da tecnologia Tetrafuel, disponível no modelo Siena, que permite a utilização de 4 combustíveis diferentes, sem a necessidade de seleção manual pelo condutor. O Siena Tetrafuel pode ser abastecido com etanol, gasolina, gasolina brasileira (com adição de até 25% de álcool anidro ) e gás natural veicular (GNV). A seleção do combustível é feita automaticamente por central eletrônica, que define a melhor opção para as condições do trajeto.

A marca de 5 milhões de veículos Flex Fuel foi alcançada com um modelo Fiat Strada Adventure.

A Fiat é líder de mercado pelo décimo primeiro ano.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas