As bombas de vácuo são dispositivos utilizados para remover as moléculas de ar com base em um sistema de sucção à vácuo. A bomba de vácuo muda a força mecânica de um eixo de rotação como o pistão ou o diafragma, com o deslocamento da palheta rotativa pneumática para forçar a remoção do ar e outros gases contidos em um espaço fechado.

Empresas relacionadas a bombas a vácuo

Revestimentos e recuperação de equipamentos industriais

Rua Itália, 466 - Santo André - SP - CEP: 09210-040
Telefone fixo: (11) 4997-2152
E-mail: [email protected]r

REGENERAÇAO DE OLEOS HIDRAULICOS

Rua Capitão Danilo Paladini, 352 - Petrópolis - RJ - CEP: 25645-111
Telefone fixo: (22) 2580-4241
E-mail: [email protected]

DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA CAD 2D e 3D

Rua Agenor Porto, 102 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 21511-490
Telefone fixo: (21) 2473-2790 - Celular: (21) 9321-8100
E-mail: [email protected]
http://www.mecseg.com.br/

Lista Técnica de Equipamentos e Sobressalentes

Rua Padre Telêmaco, 129 Sala 308 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 21311-050
Telefone fixo: (21) 3822-6915 - Telefone fixo: (21) 3495-6139 - Celular: (21) 8955-7897
E-mail: [email protected]
http://www.ohmsolucoes.com.br/

Manômetro Digital | PRESSGAGE

Rua Pirajá, 549 - São Paulo - SP - CEP: 03190-170
Telefone fixo: (11) 3804-8634
E-mail: pre[email protected]
http://www.pressgage.com.br/

LCC e Gestão Econômica de Ativos com abordagem para o PAS-55

Rua Regente Feijó, 291 sala 92 - Campinas - SP - CEP: 13013-050
Telefone fixo: (19) 3308-2032
E-mail: [email protected]
http://www.aremas.com.br/

Sugador e Aspirador de Grãos e Residuos e Liquidos

Rua do Comércio, 300 Em Frente a seiva pura - Ijuí - RS - CEP: 98700-000
Celular: (55) 9651-8005
E-mail: [email protected]
http://www.sultecrs.com.br/

Calços Calibrado para alinhamento

Rua Araribóia, s/n - São Paulo - SP - CEP: 03113-070
Telefone fixo: (11) 2501-4282
E-mail: [email protected]
http://www.metalsteel.com.br/

GD DERIVADOS DE GRAFITES COMPONENTES ELETROMECANIOS

Rua Guido Lacceti, 26 Galpão - São Paulo - SP - CEP: 04849-190
Telefone fixo: (11) 5933-3691
E-mail: [email protected]
http://www.gdderivadosdegrafites.com.br/

Informe Comercial

Rua Apóstolo Paulo, 97 Núcleo Pimentel - Ponta Grossa - PR - CEP: 84032-572
Telefone fixo: (42) 3225-7644 - Celular: (41) 8508-0027
E-mail: [email protected]

Laboratório 2000 LTDA

Rua Arsênio Calaça, 629 - Recife - PE - CEP: 50761-060
Telefone fixo: (81) 3091-7080 - Telefone fixo: (81) 3088-4705
E-mail: [email protected]

MANUTENÇÃO DE BOMBAS E SISTEMAS DE VÁCUO

Rua Mário Maia, 134 - São Paulo - SP - CEP: 05761-330
Celular: (11) 7057-2588
E-mail: [email protected]

Manutencao e reparos em equipamentos industriais

Rua Estudante Suely Gomes Vieira, 68 - Macaé - RJ - CEP: 27925-450
Celular: (22) 9921-9474
E-mail: [email protected]

Motores Elétricos CA.CC, Geradores, Bombas e Transformadores

Avenida da Nossa Senhora Paz, 821 - Curitiba - PR - CEP: 81730-370
Telefone fixo: (41) 3408-3390 - Celular: (41) 9248-5109
E-mail: [email protected]
http://www.cemavel.com.br/

POWER SERVICE - Manutenção Industrial

Rua WE-5, 657 Conjunto COHAB, Gleba 01 - Belém - PA - CEP: 66623-285
Telefone fixo: (91) 3348-1026
E-mail: [email protected]
https://powers2012.wix.com/pservice

Problemas com Gestão da Manutenção?

Avenida Chafariz, s/n - Passos - MG - CEP: 37900-318
Telefone fixo: (35) 4103-0728 - Celular: (35) 9968-2751 - Celular: (35) 9948-2751
E-mail: [email protected]
http://www.csgm.com.br/

PROVAC- MANUTENÇÃO EM SOPRADORES DE AR E BOMBAS DE VÁCUO

Rua Conselheiro João Alfredo, 241 - Santos - SP - CEP: 11015-220
Telefone fixo: (13) 3235-2022 - Telefone fixo: (13) 3235-6744
E-mail: [email protected]
http://www.provac.com.br/

SOBROU MATERIAL DE CONSTRUÇÃO DA SUA OBRA OU DE SUA REFORMA?

Rua João Borges, 409 - Londrina - PR - CEP: 86063-290
Celular: (43) 9649-6262
E-mail: [email protected]
http://WWW.TROCATUDOCONSTRUCAO.COM.BR/

TESTE DE VAZAMENTO COM GÁS HÉLIO

Rua Vitor Costa, 60 - São Paulo - SP - CEP: 04150-060
Telefone fixo: (11) 5073-3100 - Celular: (11) 9935-9355
E-mail: [email protected]
http://www.gerlab.org/

SIHI do Brasil

Avenida Doutor Carlos de Campos, 1167 - Campinas - SP - CEP: 13035-610
Telefone fixo: (19) 3772-2127
E-mail: [email protected]
http://sihi.com.br/index.html

Vacuolu Tecnologia Brasileira em Geração de Vácuo

Avenida São Paulo, 710 - São Bernardo do Campo - SP - CEP: 09892-330
Telefone fixo: (11) 4044-1619
E-mail: [email protected]
http://www.vacuolu.com.br/br/home

Atualmente, os fabricantes disponibilizam no mercado diversos tipos para as mais diferentes aplicações, sendo que todas elas pertencem, basicamente, a três categorias: bomba de deslocamento positivo, de impulso ou armadilha.

As de deslocamento positivo criam um vácuo artificial em contínua expansão em uma cavidade fechada. As de palhetas rotativas, de deslocamento, de pistão, de diafragma e de vácuo de anel líquido caem no âmbito desta categoria, consideradas mecânicas empregadas em baixo vácuo.

Já os modelos de transferência de impulso podem ser chamadas de bombas de difusão ou turbomoleculares; esses equipamentos expulsam as moléculas de ar ao acelerarem essas pequenas partículas, utilizando jatos de alta velocidade do gás (de difusão) ou uma série de ventiladores de alta velocidade (turbomoleculares), sendo que ambos os equipamentos são considerados de alto vácuo ou de vácuo ultra. As de armadilha usam a condensação criostática, criado pelo rápido aquecimento e arrefecimento artificial, para comprimir e / ou armazenar gases específicos.

A tecnologia a vácuo é utilizada em processos de fabricação de artigos de consumo para a radioterapia e microscopia eletrônica. As de vácuo podem fornecer energia hidráulica, pneumática, moldagem de plástico e ar condicionado, e também podem fornecer a pressão de vácuo necessária para laminações, revestimentos de superfícies duras, para fabricação de vidro de segurança e de fotolitografia. TVs, DVDs, computadores, carros, óculos e revestimento de instrumentos mecânicos pesados são alguns exemplos de aplicações da tecnologia de vácuo. Aquelas de vácuo são aproveitadas para a destilação de vácuo e da transformação dos alimentos e dispositivos, tais como tubos de vácuo, garrafas térmicas, barômetros e outros equipamentos.

Algumas indústrias em que as bombas de vácuo são comumente aproveitadas incluem gases químicos e corrosivos, processamento de alimentos, processamento de fabricação, serviços médicos e laboratoriais, embalagem, energia, produtos farmacêuticos / sanitários e indústrias de fabricação de semicondutores. Elas servem também para melhorar a eficiência dos sistemas de aquecimento a vapor. Diferentes tipos foram criados e desenvolvidos por fabricantes e são utilizados para a desgaseificação de laboratório industrial e purificação nas áreas de química e de processamento de semicondutores. As de pequeno porte são essenciais em aeronaves, garantindo que os instrumentos de vôo funcionem em um avião mesmo que falte eletricidade na aeronave.

Os tipos de pistões, um tipo de bomba regenerativa, consistem em pistões rotativos de diferentes comprimentos de curso que bombem fluidos através de válvulas de retenção. Já as de membrana consistem de um ou dois diafragmas flexíveis que pulsam para deslocar fluidos, enquanto as válvulas de controle direcionam o fluxo do fluido. As de vácuo de palhetas rotativas contam com um rotor de material rígido e são úteis para aplicações de alta pressão e de baixo cisalhamento. As de parafuso rotativo possuem capacidades semelhantes às de pistões em termos de vácuo, mas a retirada do ar é de pulso-livre. Os modelos de transferência ou de deslocamento não-positivas são geralmente centrífugos de fluxo axial. No caso das centrífugas, elas têm um disco rotativo que é acoplado a um eixo de acionamento. Conforme ele gira, move o eixo da movimentação de fluidos sem pulsação e a saída pode ser limitada sem danificar a bomba. As de fluxo axial são projetadas para ter um fluxo de fluido paralelo a um eixo de rotação, semelhante a uma turbina.

As de deslocamento regenerativo consistem de uma série de bombas unidas para aumentar e manter a pressão. Outra classificação comum descreve se elas são assistidas por algum tipo de lubrificante ou outros agentes de vedação de líquidos ou não. As de vácuo úmidas incluem modelos de anel líquido e algumas de palhetas rotativas. No caso das de anel líquido, a água é bombeada para o vácuo e torna-se um anel de vedação em torno das palhetas internas rotativas.

As de vácuo lubrificadas a óleo são capazes de fornecer um maior nível de vácuo, porque o lubrificante proporciona uma maior vedação entre partes móveis; no entanto, sempre que as de óleo são utilizadas um separador de óleo a jusante deve ser empregado para garantir que não haja contaminação dentro do equipamento. Bombas de vácuo sem lubrificação, ou secas, são utilizadas em aplicações que requerem que sejam montadas em locais inacessíveis. Aquelas sem lubrificação, que incluem as de deslocamento secas e alguns modelos de pistão e de palhetas rotativas, são mais simples e mais rentáveis, porque não requerem separadores de óleo a jusante.

Embora as de vácuo seco sejam muito mais comuns na indústria, muitos fabricantes as consideram equipamentos com melhor desempenho e durabilidade, apesar dos custos serem mais elevados. Isto é um fator verídico na aviação e na indústria aeroespacial, em que o desempenho a longo prazo é um fator crítica. Ainda assim, para aplicações de descontaminação são primordiais, como nas indústrias alimentícia e farmacêutica, onde é necessário manter o produto livre de contaminantes.

Imagens relacionadas a bombas a vácuo