As dobradiças são um tipo de suprimento que permite que duas partes sejam afixadas paralelamente, mantendo-se a 180 graus de movimento oscilante. Utilizadas em edifícios, construção civil e equipamentos nas indústrias, elas são configuradas para criar o movimento de abertura e fechamento em uma vasta gama de mobiliários e equipamentos.

Seus diferentes tipos são:  dobradiças de mola e soldadas, snedo que ambas têm capacidades de carga diferentes e molas especiais removíveis, atributos que servem para economizar espaço.

As curtas, simples e especiais, contam com uma banda firme que nada mais são do que dispositivos usados em portas e armários, já as contínuas são frequentemente utilizadas em latão ou aço inoxidável para aplicações estéticas, como por exemplo, para afixar peças de piano. As correia ou de cinta são destinadas a afixar portões e servem para aplicações automotivas, embora as de cinta possam ser utilizadas como peças ornamentais em janelas e armários. As dobradiças de aço inoxidável mostram-se mais resistentes à corrosão do ar e da água, sendo aproveitadas na indústria automobilística e na construção ao ar livre.

A construção básica consiste em duas "folhas" de metal que são unidas por parafusos, possibilitando que as peças sejam afixadas com elas possam ser facilmente articuladas. Uma folha está presa, por exemplo, a uma moldura da porta, enquanto a outra está ligada à porta. O interior das folhas é encaixado e protegido por um PIN. Os modelos de duas folhas são fabricadas de modo que há uma lacuna entre cada parte, pois isso permite que ela se mova livremente, sem causar fricção no metal. Dobradiças são normalmente feitas de aço, aço galvanizado, aço inoxidável, bronze ou alumínio. Já as contínuas, de banda e as resistentes são laminadas a frio, apesar de que, para aplicações mais leves, podem ser cortadas a laser.

Estas são fortes, compactas e fornecem melhor estética para portas de metal e armações de metal em equipamentos industriais. Outros modelos, tais como a com mola adicionam um benefício a mais para o bom funcionamento de luminárias e equipamentos. Estas operam com uma mola enrolada em torno do pino, empurrando as folhas para fora ou para dentro. Usado geralmente em pequenas partes e acessórios, tais como cinzeiros, as de mola mantêm as portas de armários e as tampas fechadas, e são especialmente concebidas para serem visíveis a partir do interior de um compartimento. Os armários da cozinha normalmente empregam as mesmas para criar uma aparência estética mais agradável.

Os fabricantes dos modelos especiais procuram satisfazer os exigentes requisitos de novas aplicações incomuns, além de buscar atender às necessidades dos clientes criando produtos de qualidade e que ofereçam segurança. Afinal, elas são peças essenciais em armários e portas e em máquinas para uso industrial, que dependem de adequada articulação para operar de modo correto e com total segurança para o equipamento e se operador. Novos avanços foram feitos em relação ao desenvolvimento da peça em plástico, as que requerem maior atrito agora são feitas com plástico, um material mais durável, leve e que não exige manutenção frequente. Cabe lembrar que muitos fabricantes destas peças para portas e janelas, além de outros fabricantes para móveis, como é o caso da Gubler Dobradiças, que produzem artigos personalizados para aplicações especiais, com design diferente, incluindo folhas múltiplas, folhas juntas angulares, entre outros tantos modelos.

Imagens relacionadas a dobradiças