Os fornos são estruturas que produzem calor elevado para uma série de fins comerciais, residenciais e industriais. Em comparação com os domésticos, os fornos industriais são capazes de produzir ou emitir temperaturas muito mais altas e, portanto, são empregados no aquecimento de espaços maiores ou quando se pretende chegar a uma temperatura máxima.

Empresas relacionadas a forno

FORNO CALCINAÇÃO / SOLUBILIZAÇÃO

Rua Carlos Feter, 163 - Farroupilha - RS - CEP: 95180-000
Telefone fixo: (54) 3268-3891
E-mail: [email protected]
http://www.cecomatec.com.br/

CABINE P/PINTURA LIQUIDA - PRESSURIZADA - NACIONAL - BNDES

Avenida Doutor Ezequiel Campos Dias, 91 - São Paulo - SP - CEP: 05525-090
Telefone fixo: (11) 3751-5902
E-mail: [email protected]
http://www.itagroup.com.br/

ABC Torres Equip. e Man. Industrial

Rua Maria Silva, 16 Cj 22 - São Bernardo do Campo - SP - CEP: 09770-020
Telefone fixo: (11) 3412-4782
E-mail: [email protected]
http://www.abctorres.com.br/

Lista Técnica de Equipamentos e Sobressalentes

Rua Padre Telêmaco, 129 Sala 308 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 21311-050
Telefone fixo: (21) 3822-6915 - Telefone fixo: (21) 3495-6139 - Celular: (21) 8955-7897
E-mail: [email protected]
http://www.ohmsolucoes.com.br/

Concertos e reparos, cozinhas industriais

Rua Cerro Corá, 914 - São Paulo - SP - CEP: 05061-100
Telefone fixo: (11) 3021-3351 - Celular: (11) 8646-1649
E-mail: [email protected]
http://www.imeque.com.br/

Fornos para tratamento térmico

Rua Antônio Salles Pupo, 131 - Valinhos - SP - CEP: 13272-360
Telefone fixo: (19) 3871-8730
E-mail: [email protected]
http://www.emproin.com.br/

CÂMARAS CLIMÁTICAS E SALT-SPRAY

Rua Peixes, 130 - Santana de Parnaíba - SP - CEP: 06515-130
Telefone fixo: (11) 4321-8073
E-mail: [email protected]
http://www.makcon.com.br/

Laboratório 2000 LTDA

Rua Arsênio Calaça, 629 - Recife - PE - CEP: 50761-060
Telefone fixo: (81) 3091-7080 - Telefone fixo: (81) 3088-4705
E-mail: [email protected]

Problemas com Gestão da Manutenção?

Avenida Chafariz, s/n - Passos - MG - CEP: 37900-318
Telefone fixo: (35) 4103-0728 - Celular: (35) 9968-2751 - Celular: (35) 9948-2751
E-mail: [email protected]
http://www.csgm.com.br/

Contraco Máquinas e Equipamentos Ltda.

Rua Coronel Feddersen, 260 - Taió - SC - CEP: 89190-000
Telefone fixo: (47) 3562-0016
E-mail: [email protected]
http://www.contraco.com.br/

Eletrothermo Com. Ind. Ltda.

Estrada do Corredor, 4777 - Itaquaquecetuba - SP - CEP: 08586-000
Telefone fixo: (11) 4646-3333 - Nextel: (11) 7802-7500 ID 121*86522
E-mail: [email protected]
http://www.eletrothermo.com.br/

Fogatti Eletrodomesticos ltda

Rua Bahia, 8775 - Blumenau - SC - CEP: 89032-002
Telefone fixo: (47) 3236-1600
E-mail: [email protected]
http://www.fogatti.com.br/

Fornos Jung Ltda.

Rua Bahia, 3465 - Blumenau - SC - CEP: 89031-002
Telefone fixo: (47) 3327-0000
E-mail: [email protected]
http://www.jung.com.br/

GRC Aquecimento por Indução

Avenida Antônio Raymundo de Oliveira, 135 - Jundiaí - SP - CEP: 13216-645
Telefone fixo: (11) 4584-0011
E-mail: [email protected]
http://www.fornosdeinducao.com.br/

Hauber Macanuda Ltda

Rua Otto Max Pettersen, 158 G3 - Joinville - SC - CEP: 89226-250
Telefone fixo: (47) 3425-5413
E-mail: [email protected]
http://www.macanuda.com.br/

Industrial Heating Equipamentos e Componentes Ltda

Rua Angelino Ferreira Vinagre, 81 - Sumaré - SP - CEP: 13181-080
Telefone fixo: (19) 3854-6699
E-mail: [email protected]
http://www.industrialheating.com.br/

Lekamet Fornos Industriais Ltda

Rua Presidente Costa Pinto, 316 - São Paulo - SP - CEP: 03108-030
Telefone fixo: (11) 2061-4123
E-mail: [email protected]
http://www.lekamet.com.br/

Metal Harte Tratamento Térmico Ltda.

Rua Ptolomeu, 108 - São Paulo - SP - CEP: 04762-040
Telefone fixo: (11) 5687-1100
E-mail: [email protected]
http://www.metalharte.com.br/

Existem dois principais tipos de fornos, os utilizados para aquecer ambientes fechados durante o inverno, como de parede, que são aquecedores de ambiente auto-suficientes, e os industriais, com estruturas que contêm câmaras de altas temperaturas para a fabricação de materiais, tratamento térmico ou para fusão em ambientes de manufatura. Eles obtêm o seu calor através de muitas fontes diferentes. No mercado, existem os elétricos, a gás e os de indução, tipos industriais que usam uma variedade de métodos de aquecimento, mas são capazes de obter o calor elevado com a mesma eficácia.

Os de alta temperatura são utilizados apenas em aplicações industriais, e geralmente em materiais com alto ponto de fusão, em metais como cobre, titânio, alumínio, aço e bronze, assim como o vidro e alguns plásticos. Outras aplicações incluem os de tratamento térmico, como de recozimento, que alteram ou melhoram as propriedades dos materiais; de sinterização, que formam as peças e produtos de materiais em pó, e, finalmente, os de fundição de metais, tais como alto-fornos, que empregam calor extremamente elevado com o objetivo de transformar sucata ou metal fundido em material bruto. Fornos industriais são utilizados na indústria química, cerâmica, em fundições, centros de serviços siderúrgicos, metalúrgicas, fabricantes de vidros, e muitas outras aplicações de metalurgia e outras indústrias. Todos os fornos para uso industrial são bem isolados da atmosfera com câmaras controladas. Algumas substituem o oxigênio por um gás endotérmico, enquanto outros, como a vácuo, criam um ambiente a vácuo.

Os industriais vêm em diferentes especificações e projetos de acordo com sua função específica. Alguns são compactos e portáteis, com prateleiras e uma porta basculante aberta. Estes são comuns nos laboratórios durante os testes do produtos ou materiais. Nas instalações de metalurgia de grande porte, são frequentemente compostos de grandes sistemas de transporte contínuo que lidam com volumes extremamente elevados de peças ou produtos. Estes são totalmente automatizados e, geralmente, operados por sistemas CAD / CAM. Para instalações com menor nível de produção, os carregados e descarregados manualmente são empregados. Já os de pequeno porte geralmente requerem o uso de ferramentas de manipulação e cadinhos, que são recipientes que podem suportar o contato direto com o metal derretido.

Dependendo do ponto de fusão do material ou os resultados do produto desejado, todos têm diferentes temperaturas do processo, que são as temperaturas máximas em que o forno pode operar com segurança. Muitos industriais que contêm múltiplas câmaras incluem uma câmara de carga / descarga, câmara zona de calor e câmara de resfriamento. A zona de calor pode atingir temperaturas acima de 3.000 º C para as aplicações mais extremas. Portanto, todos os componentes são feitos de carboneto de silício ou de uma liga de níquel cromo, sendo que ambos são extremamente resistentes ao calor por mais tempo. A câmara de resfriamento utiliza água fria ou ar para baixar a temperatura do material. Alguns contêm banhos de água fria, que são utilizados para o processo de têmpera.

Existem muitas fontes diferentes de calor para os modelos disponíveis hoje. Isso inclui gás, radiação natural, a indução, condução elétrica e dielétrica, e cada método tem seus benefícios, limitações e aplicações. Os de calor radiante são semelhantes aos fogões a lenha e aquecedores portáteis. Eles usam uma chama para aquecer um objeto, geralmente um prato de cerâmica. Este objeto emite calor que é transferido a toda a área. Os a gás natural são muito comuns. Comparados com os elétricos, eles são um método econômico de criar um ambiente de calor. Eles queimam gás natural ou propano, a fim de gerar calor, e são usados por suas habilidades de alta temperatura.

Fornos de indução utilizam uma combinação de perdas de resistência elétrica e histerese para aquecer as peças de metal. Eles estão expostos a um campo magnético em torno de uma bobina de transporte de corrente alternada. Eles são a primeira escolha em aplicações de fundição de metais e são frequentemente utilizados em fundições de ferro.Os modelos elétricos também são populares para derreter metal. O tipo mais comum é uma fornalha de arco elétrico, que utiliza grandes quantidades de corrente elétrica, que percorrem um arco de metal em grandes quantidades de sucata. A corrente aquece a sucata a um alto grau suficiente para derretê-lo completamente. Estes são utilizados principalmente para a reciclagem de peças de metal e na formação de novos produtos a partir desse metal fundido.

A indústria do aço, entre outras, utiliza alta temperaturas a gás, que produzem grandes quantidades de óxido nitroso (NOx) por unidade de material processado. Para atender às normas de emissões cada vez mais rigorosas, uma inovadora tecnologia de combustão foi desenvolvida e continua a ser melhorada. Esta tecnologia proporciona eficiência, produtividade e redução de emissões de NOx de todos os tipos de fornos. Uma válvula é utilizada para oscilar a taxa de fluxo de combustível para o queimador. Essa oscilação cria zonas ricas em combustível, que retardam a formação de NOx, aumentando a transferência de calor para a carga. Outro projeto está em andamento para reduzir as emissões de NOx e controlar cuidadosamente as temperaturas das chamas de gás natural, com técnicas de sensoriamento, em que os dados serão coletados com um detector de fibra óptica ou espectrômetros e câmeras de vídeo. Os dados serão usados para desenvolver estratégias de controle mais eficiente.

Imagens relacionadas a forno