Moldagem por injeção de plástico é o método mais comum usado pelos fornecedores de plástico na indústria de transformação de elastômeros, com 32% de todos os plásticos processados pelo método de moldagem por injeção. As fábricas de peças de plástico usam a técnica de moldagem plástica por injeção a fim de produzir uma gama de peças de alta complexidade.

Empresas relacionadas a moldagem por injeção de plástico

Telas Touch Screen

Rua Rui Barbosa, 1775 - Joinville - SC - CEP: 89220-100
Telefone fixo: (47) 3121-9591 - Telefone fixo: (47) 3418-0342
E-mail: marketing@clpcenter.com.br
http://www.clpcenter.com.br/

REGENERAÇAO DE OLEOS HIDRAULICOS

Rua Capitão Danilo Paladini, 352 - Petrópolis - RJ - CEP: 25645-111
Telefone fixo: (22) 2580-4241
E-mail: vrlubrificantes@hotmail.com

Lista Técnica de Equipamentos e Sobressalentes

Rua Padre Telêmaco, 129 Sala 308 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 21311-050
Telefone fixo: (21) 3822-6915 - Telefone fixo: (21) 3495-6139 - Celular: (21) 8955-7897
E-mail: contato@ohmsolucoes.com.br
http://www.ohmsolucoes.com.br/

Celpan Indústria e Comércio de Plásticos Ltda

Avenida Guilherme Cotching, 1171 - São Paulo - SP - CEP: 02113-013
Telefone fixo: (11) 2967-7040
E-mail: contato@angare.com
http://www.poliuretanoexpandido.com.br/

Sistemas de Câmara Quente Para Injeção de Plásticos

Rua Marechal Mesquita, 460 103 - Porto Alegre - RS - CEP: 91720-160
Telefone fixo: (51) 3339-6941 - Celular: (51) 9952-0149
E-mail: damoripinto@yahoo.com.br

SOLDAS TÉCNICAS TIG

Rua Serra Verde, 100 - São Paulo - SP - CEP: 03821-230
Celular: (11) 7268-5968
E-mail: heltonri@uol.com.br

Dejota Multbox Ltda

Avenida Miro Vetorazzo, 1075 - São Bernardo do Campo - SP - CEP: 09820-135
Telefone fixo: (11) 2945-4500
E-mail: comercial@dejota.com.br
http://www.dejota.com.br/

Moltec Indústria e Comércio de Moldes Ltda.

Rua Olívia Guedes Penteado, 1271 - São Paulo - SP - CEP: 04766-001
Telefone fixo: (11) 5693-4600
E-mail: vendas@moltec.com.br
http://www.moltec.com.br/

PolyBlu Indústria de Polímeros Ltda

Rua Guido Kaestner Sênior, 44 - Blumenau - SC - CEP: 89012-360
Telefone fixo: (47) 3322-9716
E-mail: polyblu@polyblu.com.br
http://www.polyblu.com.br/

Revpack Tecnologia e Comercio de Componentes Plasticos Ltda

Avenida Roberto Gordon, 333 - Diadema - SP - CEP: 09990-090
Telefone fixo: (11) 4070-7755
E-mail: contato@revpack.com.br
http://www.revpack.com.br/

Dispositivos como equipamentos e instrumentos médicos, computadores e peças automotivas, material de escritório, brinquedos, ferramentas e outras peças plásticas moldadas são encontrados em quase todos os setores das indústrias de consumo. Alguns exemplos comuns de peças plásticas moldadas por injeção incluem cateteres, recipientes de lentes de contato, monitores, baldes, cartuchos de vídeo game e cabos de chave de fenda. A máquina moldadora da injeção principalmente fabrica moldes por injeção de plásticos com termoplásticos. No entanto, uma pequena quantidade de termofixos e elastômeros são também aproveitados neste processo. Os plásticos biodegradáveis também são moldados por injeção. Produtos como talheres e panelas de plástico biodegradável estão sendo produzidos com a técnica de moldagem por injeção.

O material é alimentado em um tambor aquecido e forçado em uma cavidade do molde, onde esfria e endurece de acordo com a configuração da cavidade do molde. No tambor, os pellets ou grânulos são aquecidos a uma temperatura de fusão. O material plástico derretido é então injetado na cavidade de uma câmara ou molde, que depois é fechada. A resina plástica é resfriada com a água ou outros líquidos que circulam através do sistema de refrigeração do molde, extraindo o calor. A parte de plástico moldado é prensada no molde sob alta pressão, até que a peça se solidifique. Geralmente, o óleo hidráulico da máquina de moldagem por injeção é usado para produzir peças moldadas. As máquinas hidráulicas usam a força de fluidos hidráulicos para mover o molde através da máquina. Todas as máquinas de moldagem por injeção injetam material plástico derretido em um molde, mas elas podem usar vários métodos para mover o molde.

A maioria dos polímeros pode ser utilizada, incluindo todos os termoplásticos, alguns termofixos e alguns elastômeros. Em 1995, existiam cerca de 18.000 diferentes materiais disponíveis para moldagem por injeção e esse número foi crescendo a uma taxa média de 750 por ano. Os materiais disponíveis são ligas ou misturas de materiais desenvolvidos anteriormente, o que significa que os designers de produto podem escolher entre uma vasta seleção de materiais, que contam exatamente com as propriedades adequadas. Os materiais são escolhidos com base em algumas características necessárias para a fabricação do produto final. Alguns polímeros comuns, como epóxi e fenólicos são exemplos de termofixos plásticos, enquanto o nylon, o polietileno e o poliestireno são termoplásticos.

As prensas são as máquinas que detêm os moldes onde os componentes são moldados. Prensas são classificadas por tonelagem, medida que expressa a quantidade de força de pressão que a máquina pode exercer. Esta força mantém o molde fechado durante o processo de injeção. A medida de tonelagem pode variar de menos de 5 toneladas até 6.000 toneladas, sendo que a força de fechamento total necessário é determinado pela área projetada da parte a ser moldada. Esta área projetada é multiplicada por uma força de fechamento de 2-8 toneladas para cada centímetro quadrado das áreas projetadas. Se o material plástico é muito rígido, isso significa que a injeção exigirá maior pressão para preencher o molde. Dessa forma, o molde deve ser fechado com maior tonelagem. A força necessária também pode ser determinada pelo material utilizado e pelo tamanho da peça, ou seja, peças maiores exigem maior força de fechamento.

Há muitas vantagens para a fabricação de plásticos pelo método de moldagem por injeção. Algumas vantagens da injeção incluem altas taxas de produção e uma vasta gama de material plástico que pode ser usado. Normalmente não há necessidade de terminar as peças após a moldagem estar concluída. O custo por peça é muito baixo, apesar do alto custo do maquinário. A moldagem por injeção de plástico consegue produzir peças muito complexas, o que muitas vezes não seria possível com nenhum outro tipo de processo industrial, excluindo o uso de técnicas complementares. Outras vantagens do processo de moldagem por injeção incluem o uso eficiente dos materiais e energia, fabricando peças precisas e com uma pequena quantidade de resíduos produzidos.

Imagens relacionadas a moldagem por injeção de plástico