Antes da fase de selagem, a superfície do óxido de um metal pode ser tingida. Isso é feito quando a aparência exterior do produto é importante. Existem inúmeras cores de tinturas na anodização colorida. As cores variam do claro ao escuro, embora as cores claras possam ser mais difíceis de fabricar em algumas ligas.

Empresas relacionadas a anodização colorida

Anodont Comércio e Anodização de Alumínio Ltda.

Rua Campinas, 2366 - Ribeirão Preto - SP - CEP: 14075-070
Telefone fixo: (16) 3628-7018
E-mail: anodont@anodont.com.br
http://www.anodont.com.br/

Tecnalum Ind. Com Ltda

Avenida Cid Nelson Jordano, 662 - Taboão da Serra - SP - CEP: 06787-360
Telefone fixo: (11) 4137-0122
E-mail: contato@tecnalum.ind.br
http://www.tecnalum.ind.br/

Outro problema que pode ocorrer é resistência à luz, ou o desbotamento de certas cores. Como corantes pretos e dourados são feitos por meio inorgânico, eles tendem a ser mais resistentes à luz.
Uma vez que o metal tenha sido tingido, a água quente ou de vapor, muitas vezes misturadas com acetato de níquel, é usada para selar a superfície e para converter o óxido em sua forma hidratada. Este processo diminui o desbotamento e pode melhorar a resistência à corrosão.

Trata-se de um processo popular, porque permite a criação de produtos com uma ampla gama de cores. Esse reforço da aparência pode tornar um produto mais atraente para um cliente potencial. Os compradores de metais que passaram por um processo de anodização colorida devem ter em mente as limitações desse método, por exemplo, algumas cores podem sofrer um processo de desbotamento mais facilmente do que as outras cores. Os corantes de cor preta e dourado são feitas por meios inorgânicos, ou seja, eles são o resultado da combinação de uma mistura de produto químico chamado oxalato de amônio férrico com um produto anodizado. Este corante inorgânico tende a ser mais resistente à luz do que outras cores. As cores orgânicas, que são muito mais variadas, têm a desvantagem de ser sujeita ao desbotamento. As cores metálicas estão limitadas a matizes metálicas, mas permanecem brilhante por muito mais tempo, do que qualquer uma das primeiras opções. Os clientes devem consultar profissionais especializados antes de tomar decisões sobre a cor de seus produtos anodizados. A escolha do tipo de produto que está sendo produzido também vai desempenhar um papel na cor que o cliente escolhe, por exemplo, a indústria de arquitetura tende a utilizar processos de cores metálicas na sua maioria, enquanto que corantes orgânicos, utilizados nos campos eletrônicos e de construção funcionam melhor com o alumínio.

As técnicas utilizadas nestes processos variam dependendo do corante que está sendo utilizado, bem como o metal de fabricação da peça. Alguns metais não exigem uma etapa adicional para o tingimento das peças. O titânio anodizado produz naturalmente a cor, dependendo da quantidade de corrente elétrica utilizada para anodizar à peça. Muitos acessórios de metal como piercings, pregos, alianças de casamento e bijuterias são feitas de titânio. No entanto, a técnica mais comumente empregada é a partir de corantes orgânicos e químicos aplicados diretamente após o tratamento. Como a anodização aumenta o tamanho do poro do corpo na superfície de um metal, a peça encharca-se e retém a cor de forma direta. Uma vez que um metal tingido é banhado na água quente ou por um vapor, que por muitas vezes são misturados com acetato de níquel, as peças são seladas para converter o óxido para a sua forma hidratada. Este processo diminui o desbotamento e pode melhorar a resistência à corrosão. A cor é o resultado desse procedimento, o que torna este processo muito utilizado, uma vez que a cor em peças acabadas é um fator fundamental no momento da escolha, aumentando e muito a demanda para tal realização.