Os modelos de aquecedores de tira térmica devem ser aparafusados ou presos a uma superfície, de modo que muitas vezes apresentam braçadeiras ou parafusos; os fabricantes oferecem modelos personalizados para atender a aplicações específicas. Algumas das funções envolvem o calor com uso de cilindros.

Empresas relacionadas a aquecedores de tira térmica

Maxtronick - Manutenção Eletrônica Industrial

Praça Marcelino Machado, 96 102 - São Paulo - SP - CEP: 02134-030
Telefone fixo: (11) 2984-1949
E-mail: [email protected]
http://www.maxtronick.com.br/

Technoheat - Aquecimento Elétrico Industrial

Avenida Benedito de Lima, 346 - São Paulo - SP - CEP: 05376-020
Telefone fixo: (11) 3714-6644
E-mail: [email protected]
http://www.technoheat.com.br/

Esses tipos de aquecedores industriais podem ser usados individualmente ou em grupos para fornecer os processos de derretimento, secagem ou aquecimento do ar. Também são usados na formação de plásticos.

Esses aparelhos geram calor, transformando energia elétrica em energia térmica. O processo de conversão entre energia elétrica e energia térmica é chamado de aquecimento Joule. Uma corrente elétrica pode ser vagamente definida como um fluxo de elétrons. Quando esses elétrons colidem com os íons atômicos do meio condutor, neste caso, o aquecedor de faixa, os íons começam a vibrar. O calor é uma das expressões visíveis de que há vibração. A vibração dos íons do condutor, eventualmente, é transmitida para qualquer superfície circundante ou partículas atmosféricas. Quanto maior a área da superfície condutora, maiores as oportunidades para colisões atômicas ocorrerem. É por esta razão que os modelos de fitas são usados para aquecer o ar; cada centímetro extra de superfície condutora é mais uma oportunidade para criar colisões. Mica, minerais e materiais cerâmicos são usados para isolar os equipamentos. Os principais materiais de construção usados no aquecedor são o aço, o aço inoxidável e as ligas de níquel. Aqueles com isolamento mineral podem atingir as temperaturas mais elevadas quando emparelhados com aço inoxidável, podendo chegar a 1.200 º C; os de cerâmica atingem temperaturas entre 400 º -900 º C. Os de tira térmica são caracterizados pela sua construção robusta, fácil instalação e custo relativamente baixo.