Os aquecedores infravermelhos de ambientes são utilizados para aquecer edifícios ou grandes salas onde o aquecimento de ar forçado é impraticável ou ineficaz. Estes equipamentos utilizam radiação eletromagnética de luz infravermelha para aquecer a objetos, materiais ou espaços com a ajuda de um escudo reflexivo. As ondas de calor infravermelho são longas ondas eletromagnéticas localizadas muito perto da parte visível do espectro eletromagnético que pode fornecer uma grande quantia de calor.

Empresas relacionadas a aquecedores infravermelhos de ambientes

Central das Lareiras Ltda.

Rua Saldanha Marinho, 2644 - Curitiba - PR - CEP: 80730-180
Telefone fixo: (41) 3022-3060
E-mail: [email protected]
http://www.centraldaslareiras.com.br/

Corel Aquecimento Industrial Ltda

Rua Loureiro de Apolo, 69 - São Paulo - SP - CEP: 02939-010
Telefone fixo: (11) 3993-8888
E-mail: [email protected]
http://www.corel.ind.br/

General Heating and Air Conditioning

Rua João Álvares Soares, 1530 - São Paulo - SP - CEP: 04609-003
Telefone fixo: (11) 5044-1683
E-mail: [email protected]ralheater.com.br
http://www.generalheater.com.br/

A energia irradiada é absorvida facilmente por pessoas e objetos ao invés de ser transferida para o ar, tornando-os deais para espaços públicos que não são facilmente isolados, como pátio ou de exterior. Em vez de utilizar moléculas de ar para o transporte de energia de calor, as ondas de infravermelho aquecem o ar, poupando energia e tornando-o uma forma eficiente de aquecimento para espaços maiores. Os de grande porte utilizam equipamentos infravermelhos para gerar calor por causa dessa capacidade. Estes componentes são geralmente portáteis ou montados na parede e consistem de um filamento, geralmente de tungstênio, circundado por uma superfície reflexiva, geralmente composta de um metal. O filamento é protegido por um vidro de quartzo ou tubo de cerâmica, e a energia do filamento é irradiada para a superfície reflexiva fazendo-a perder energia mínima para os processos de condução e convecção. Desta forma, se estabelece um padrão de aquecimento mais uniforme quando se utiliza os aquecedores infravermelhos e há menos chance de encontrar bolsões quentes ou frios de ar dentro de um determinado espaço.

Devido ao seu elevado nível de eficiência energética, são considerados um método "verde" ou ambientalmente sustentável de criação de calor, tornando-se uma opção viável para o aquecimento de espaços maiores se comparados com similares, mas que utilizam métodos diferentes de geração de calor. Utilizando o aquecimento infravermelho no lugar de modelos regulares de ar forçado em processos como aquecimento, secagem e cura de aplicações tem um grande número de benefícios, tanto ambiental como economicamente. Residências, comércios ou indústrias podem utilizar esse aparelho em uma variedade de aplicações, mas as propriedades de absorção de radiação térmica de diferentes materiais devem ser levados em consideração ao determinar o uso apropriado, pois isso pode alterar a eficácia e a produção de energia necessária. Ao contrário de outros métodos de aquecimento, estes equipamentos fornecem uma fonte imediata de calor e eliminam a existência de uma defasagem entre ligar um aquecedor e começar a sentir seus efeitos. Outras vantagens de substituir os tipos elétricos pelos infravermelhos incluem: menos riscos à saúde do que outros métodos de aquecimento, pois não há queima de combustíveis e os infravermelhos não emitem gases nocivos ao meio ambiente, outro benefício é o calor total do elemento, que é muito menor em modelos infravermelhos, resultando em uma diminuição do risco de incêndio ou queimaduras. Alguns podem combinar métodos de aquecimento com a circulação do ar para redistribuir as moléculas de ar quente e o calor se espalhar em torno de um ambiente mais rápido, mas estes não são necessários para o aquecimento de infravermelho eficiente e bem dimensionado.