As blindagens magnéticas são materiais ou produtos que protegem os dispositivos eletrônicos de interferência de campos magnéticos ou campos eletromagnéticos (CEM). Como os campos magnéticos só podem ser redirecionados, os escudos magnéticos servem para bloquear ou absorver a interferência eletromagnética (EMI) ao invés de remover ou destruir essas ondas.

Empresas relacionadas a blindagens magnéticas

Central de Núcleos Siliciosos Ltda

Avenida Henry Ford, 1217 - São Paulo - SP - CEP: 03109-001
Telefone fixo: (11) 2915-4000
E-mail: cns@cnscores.com
http://cnscores.com/

Além disso, não há nenhum material conhecido que seja capaz de bloquear um campo magnético, sem que seja atraído para o campo propriamente dito. Como resultado, somente os materiais com elevada permeabilidade magnética, o que significa que eles são altamente atraentes para o campo magnético, podem ser usados. Existem inúmeras aplicações: por exemplo, a indústria médica, muitas vezes, utiliza as blindagens magnéticas para os seus equipamentos de ressonância magnética (MRI); a indústria do entretenimento usa os escudos para os tubos de raios catódicos (CRT) usados na geração de imagem da televisão; a indústria aeroespacial usa os escudos magnéticos para peças de aeronaves destinadas às viagens espaciais e para a proteção contra a radiação cósmica. Os escudos magnéticos são cruciais para estas aplicações e muito mais, pois sem eles, os dispositivos eletrônicos que têm de ser concebidos de forma diferente, seriam muito menos eficientes, ou mesmo completamente incapazes de funcionar pela interferência produzida a partir de outros dispositivos eletrônicos, mas a partir do campo magnético da Terra também.

Os materiais trabalham de forma a reorientar ou a absorver os sinais de EMI, em vez de bloqueá-los destruí-los. O material é capaz de realizar este redirecionamento, como resultado de sua permeabilidade magnética. Em seu sentido mais básico, o material oferece um caminho de baixa relutância que orienta o campo magnético fora do dispositivo eletrônico, ou redirecionando-o ao redor do aparelho eletrônico. Existem vários tipos diferentes de blindagem magnética: filtros de revestimentos, gaxetas e gabinetes. Os filtros magnéticos são fabricados de materiais magnéticos e servem para bloquear os sinais de EMI que passam por linhas de alta tensão isoladas. Ao bloquear a EMI, os filtros reduzem o campo eletromagnético entre os vários dispositivos elétricos que funcionam fora da fonte de alimentação. Os revestimentos magnéticos são muitas vezes conhecidos como "tintas metal" e normalmente contêm cobre, níquel ou ligas de cromo. Os tipos de revestimentos magnéticos devem ser pulverizados em um material, a fim de tornar-se um escudo eficaz magnético. As gaxetas magnéticas são geralmente construídas a partir de borracha eletricamente condutiva, metal ou materiais cerâmicos que são então combinados com blindagem magnética de metais. Por último, caixas magnéticas são geralmente feitas de alumínio, aço inoxidável, cobre ou ligas de níquel. Um dos tipos mais comuns de escudos magnéticos, as caixas magnéticas servem para cercar o sistema que precisa ser protegido, além de absorver ou bloquear os sinais de EMI prejudiciais.