Uma bomba de jato é uma centrífuga que aumenta a pressão da água em poços rasos e profundos, convertendo a energia mecânica de uma turbina em energia cinética. Os modelos são o tipo mais comum para uso em poços rasos, sendo montados acima ou fora do próprio poço. O peso do ar (pressão atmosférica) determina a altura que a água pode ser elevada e sugada.

Empresas relacionadas a bomba de jato

Informe Comercial

Rua Apóstolo Paulo, 97 Núcleo Pimentel - Ponta Grossa - PR - CEP: 84032-572
Telefone fixo: (42) 3225-7644 - Celular: (41) 8508-0027
E-mail: [email protected]

Franklin Electric Indústria de Motobombas S/A

Rua Almirante Barroso, 716 - Joinville - SC - CEP: 89204-200
Telefone fixo: (47) 3461-2966
E-mail: [email protected]
http://www.schneider.ind.br/

O limite normalmente gira em torno de 10 metros. No entanto, podem ser eficazes quando são aproveitadas em poços mais profundos. Elas constituem-se de um rotor, uma câmara, que é o corpo, e um motor, geralmente sendo equipamentos produzidos em metais como o alumínio, o ferro fundido ou o aço inox. São utilizadas exclusivamente para a elevação e o transporte de água desde a sua nascente no subsolo até a canalização de edifícios para uso doméstico. Enquanto outras centrífugas são usadas em estações de tratamento de esgoto e estações de águas residuais para lidar com lixos e resíduos, as de jato são destinadas a aumentar a pressão dos líquidos a fim de separá-los das partes sólidos. Dificilmente quaisquer outros líquidos necessitam de bombeamento de alta pressão para serem removidos do subsolo, e aqueles que fazem uso, como o petróleo, recorrem a técnicas diferentes, com máquinas mais potentes.

As bombas de jato são geralmente operadas por acionamento elétrico. O motor gira a hélice, que impulsiona a água através de uma abertura estreita chamada de jato, que é montado na parte da frente das pás rotativas. Por causa da construção, a velocidade da água aumenta e, como é bombeada através da abertura, um vácuo parcial é criado, o que levanta ainda mais água do poço. A água é bombeada diretamente para um sistema de encanamento ou para um tanque de armazenamento, com uma bexiga que mantém a pressão necessária. Para poços profundos, o jato é separado do motor e do rotor e é colocado no fundo do poço na água. Como acontece com a maioria das bombas de poços rasos, as de jato também precisam ser preparadas para o trabalho. Um tubo de escape é usado para evitar extração excessiva, detectando quando há vazão de líquidos, alternando entre a alta e a baixa profundidade bombeamento dos poços. Aquelas que possuem mais de um rotor são chamadas de multicelulares e usadas para poços de centenas de metros de profundidade.