Aproveitadas na transferência de fluidos como óleos, água, solventes, combustível, líquido refrigerante, ácidos a materiais perigosos ou mesmo tóxicos, estas bombas de transferência de fluidos são essenciais para os processos de manufatura modernos. Muitos tipos diferentes estão amplamente disponíveis no mercado industrial com o intuito de atender a essas necessidades, mas todos podem ser categorizados como de deslocamento dinâmico ou positivo.

Empresas relacionadas a bombas de transferência de fluidos

Bombas Dosadoras

Rua Santa Mônica , 66 - Santo André - SP - CEP: 09190-460
Telefone fixo: (11) 4426-7632
E-mail: [email protected]
http://www.rzrbombas.com.br/produtos

Manômetro Digital | PRESSGAGE

Rua Pirajá, 549 - São Paulo - SP - CEP: 03190-170
Telefone fixo: (11) 3804-8634
E-mail: [email protected]
http://www.pressgage.com.br/

Informe Comercial

Rua Apóstolo Paulo, 97 Núcleo Pimentel - Ponta Grossa - PR - CEP: 84032-572
Telefone fixo: (42) 3225-7644 - Celular: (41) 8508-0027
E-mail: [email protected]

Manutencao e reparos em equipamentos industriais

Rua Estudante Suely Gomes Vieira, 68 - Macaé - RJ - CEP: 27925-450
Celular: (22) 9921-9474
E-mail: [email protected]

Top Bombas - Solução em Bombeamentos

Avenida Winston Churchill, 2370 sala 107 - Curitiba - PR - CEP: 81150-050
Celular: (41) 9151-3245
E-mail: [email protected]
http://topbombas.com.br/

As dinâmicas, também conhecidas como cinéticas, energizam o fluido, a fim de aumentar a velocidade para um valor maior do que a porta de saída pode suportar, transferindo o material, uma vez que está esgotado. As centrífugas e de hélice pertencem a esta categoria. Os tipos peristálticos, dosadores e outros modelos, por outro lado, são de deslocamento positivo. Os mecanismos de funcionamento tem base na compressão repetida e nos ciclos de descompressão para mover quantidades precisas de líquido de áreas de alta pressão para baixa pressão. o tipo deve ser cuidadosamente considerado no que diz respeito às especificações da indústria. Engenheiros e fabricantes podem fornecer uma visão útil sobre os recursos oferecidos por uma bomba de transferência de fluidos.

Apesar de os termos “deslocamento dinâmico e positivo” serem categorizações populares usadas para designar esse equipamento, vários outros fatores devem ser considerados. O material de construção é uma prioridade, uma vez que precisa ser compatível com a composição química dos fluidos com os quais irá trabalhar. Líquidos altamente corrosivos, por exemplo, devem ser tratados por materiais anti-corrisivos, como o aço inoxidável. Os plásticos podem ser utilizados em aplicações mais leves. O projeto de construção também desempenha um papel significativo, uma vez que irá determinar quais os componentes entram em contato com o fluido. As peristálticas, por exemplo, exigem apenas que o tubo elastomérico nunca toque no líquido. Fatores como o tamanho e a orientação do equipamento também precisam ser levdos em conta, uma vez que esses tópicos terão impacto direto sobre os recursos. Fontes de fornecimento de energia, tais como tensão CA, tensão CC, sistemas pneumáticos ou hidráulicos, gás natural, gasolina, vapor, água, energia solar ou até mesmo sistemas manuais, também irão oferecer diferentes capacidades de bombeamento. Algumas especificações adicionais podem implicar diretamente o uso pretendido industrial de uma bomba de transferência de fluido.