Google
Empresas, produtos e serviços relacionados a bombas dosadoras de pistão
Esqueci minha senha

Bombas dosadoras de pistão

As bombas dosadoras de pistão são modelos de deslocamento positivo que usam uma haste de êmbolo alternativo para deslocar o líquido. Sendo um dos tipos mais comuns e populares, o dispositivo de pistão impulsionado pode ser projetado para produzir um fluxo quase constante, garantindo a homogeneidade do fluxo no processo, o que é vital para o sucesso de tantas operações industriais de bombeamento. Leia mais sobre bombas dosadoras de pistão.

Empresas relacionadas a bombas dosadoras de pistão. Mostrando resultado 1 a 2 de 2

Bomax do Brasil Equipamentos Industriais Ltda.
Contamos hoje com uma grande capacidade e diversidade de equipamentos fabris, de alta tecnologia, no mesmo nível de capacitação do nosso corpo técnico.
Rua Europa, 30 - Taboão da Serra - SP - CEP: 06785-360
  Telefone fixo: (11) 4138-8800
  http://www.bomax.com.br

mais informações solicitar um orçamento localização adicionar a favoritos

Sobre a empresa
Para uma empresa prosperar em um mercado altamente competitivo, mais importante que os equipamentos, é a qualidade de seus recursos humanos. Para isso, a BOMAX DO BRASIL vem treinando e capacitando continuamente seus profissionais, aprimorando seus conhecimentos técnicos por meio de cursos e treinamentos teóricos, oferecendo a seus clientes as melhores idéias e soluções em movimentação, agitação e filtração de fluídos.

Produtos ou serviços
Bombas Centrífugas, Bombas Diafragmas, Bombas Magnéticas, Filtros Prensa. Agitadores, Bombas Submersas, Bombas Dosadoras, Tanques de Mistura, Bombas Sanitárias, Bombas Filtro

Cidades em que atua
São Paulo

Categoria
Fabricante

Normas que possui
ISO 9001

Informações completas dessa empresa

Os campos com * são obrigatórios

Informe Comercial
PROBLEMAS COM:

BOMBAS;
SISTEMAS HIDRÁULICOS E PNEUMÁTICOS;
SISTEMAS DE FILTRAGEM INDUSTRIAL;
LURIFICAÇÃO CENTRALIZADA;
A SOLUÇÃO É:

DUPLA PRESSÃO.
Rua Apóstolo Paulo, 97 Núcleo Pimentel - Ponta Grossa - PR - CEP: 84032-572
  Telefone fixo: (42) 3225-7644 - Celular: (41) 8508-0027
 E-mail: [email protected]

mais informações solicitar um orçamento localização adicionar a favoritos

Sobre a empresa
Com sua sede em Ponta Grossa, nossa empresa chega ao mercado oferecendo um trabalho de manutenção feito com competencia e honestidade, sempre visando a satisfação do cliente.
Por isso estamos a disposição 24 horas por dia, atendento prontamente, tentando minimizar o máximo o tempo de parada.
Conte sempre conosco.

Produtos ou serviços
A DUPLA PRESSÃO, manutenção e montagem industrial, se coloca a vossa disposição no que se refere a hidráulica e pneumática. Nossa empresa conta com uma equipe de técnicos composta por profissionais com mais de 10 anos de experiência em manutenção e montagem, incluindo em seus currículos empresas como: RENAULT, FIAT, COMAU DO BRASIL e CERÃMICA PORTO BELLO entre outras. Alem dos sistemas hidráulicos e pneumáticos, trabalhamos também com manutenção de bombas de qualquer modelo, sistemas de filtragem industrial, isolamento térmico, lubrificação central e ETDI. Trabalhamos com montagem de tubulações com o processo de TERMO FUSÃO, e também convencional. Fazemos manutenção programada, corretivas, contrato de manutenção, montagem de circuitos e mudança de layout. Elaboramos projetos de montagem e planos de manutenção preventiva. Atendemos todo o sul do país. Para maiores informações entre em contato pelos fones: (42) 3225-7644 /(41)8508-0027. Ou ainda pelo Email [email protected] Agende uma visita técnica, teremos prazer em servi-lo.

Cidades em que atua
Atendemos toda região sul do Brasil

Categoria
Prestadora de serviço

Normas que possui

Informações completas dessa empresa

Os campos com * são obrigatórios

Produtos e serviços relacionados a Manutenção Industrial

Soluções de publicidade


Cadastre-se e receba notícias personalizadas

Manutenção & Suprimentos
no Google+

twitter

Mais informações relacionadas a bombas dosadoras de pistão

Isto permite o uso do pistão em setores tão diversos como na indústria de alimentos, de produtos farmacêuticos e de processamento de bebidas, em estações de tratamento de água, indústrias médicas, na irrigação, no setor de petróleo, na fabricação de plásticos, em metalomecânica e em laboratórios. Esses modelos são aproveitados para transferir quantidades exatas de fluido de uma área de alta pressão para uma área de baixa pressão. A medição do líquido pode ser ajustada de duas maneiras.


As bombas dosadoras de pistão comumente funcionam da seguinte forma: existe um pistão (às vezes chamado êmbolo), geralmente cilíndrico, que pode entrar e sair de uma câmara. As linhas de entrada e de saída são interligadas por dentro câmara. Há duas válvulas de retenção, muitas vezes do tipo de válvulas de esfera, presas à câmara da bomba, uma na linha de entrada e outra na linha de saída. A válvula de admissão permite a circulação do pistão através da linha de entrada da câmara, mas não no sentido inverso. A válvula permite o fluxo de saída da câmara para a linha de saída, mas não em sentido inverso. O motor repetidamente move o pistão para dentro e fora da câmara de pistão, fazendo com que o volume da câmara se torne maior e menor, alternadamente. Atualmente, os fabricantes oferecem modelos de bombas dosadoras elétricas, eletromagnéticas, motorizadas e microprocessadas, entre outras. Utilizadas em diversas aplicações, são conhecidas pela confiabilidade e precisão, mas requerem alguma manutenção devido a uma grande quantidade de atrito durante o seu uso contínuo. A lubrificação adequada aumenta a longevidade do produto, embora possa ser uma fonte de contaminação.

O projeto básico e a função são bastante simples. Um pistão é conectado a um dispositivo automatizado ou manual de acionamento em uma extremidade, e parcialmente alojado dentro da câmara. Materiais de vedação feitos de elastômeros ou de metal são colocados ao redor da cabeça do pistão para garantir um selo hermético. Do outro lado da câmara, ficam duas válvulas de retenção concebidas para regular o fluxo de fluido unidirecional. Estas são as conexões de entrada e saída. Quando o pistão é retirado, o volume da câmara se eleva, reduzindo a pressão suficiente para criar um vácuo e retirar uma quantidade exata de líquido através da válvula de admissão. Quando a capacidade for atingida, a válvula se fecha. Em velocidades variáveis, o pistão é estendido para trás (para o fundo da câmara), comprimindo o líquido até que a pressão seja suficiente para forçar o líquido através da válvula de escape. Os materiais de vedação, bem como as válvulas, o pistão ou êmbolo, assim como a câmara devem ser feitos para suportar o desgaste e atrito devido ao uso quase constante, bem como por causa da composição química dos fluidos. Materiais comuns como o bronze, o aço, o aço inoxidável ou o ferro, além da cerâmica, também podem ser usados para a fabricação dessa bomba.

  • Bomba de dosagem portáteis
    Estas bombas fornecem a capacidade única de apresentar ciclicamente uma quantidade consistente de fluido para uma homogeneidade contínua de fluxo. Com...

  • Bomba de fole
    Em muitas aplicações, este tipo é o preferido até mesmo em detrimento da bomba de pistão mais tradicional de medição, pois oferece alta confiabilidade...

  • Bombas de distribuição
    Os tipos dependem de pressão para mover os líquidos, de preferência de uma área de alta pressão para uma área de baixa pressão. Um pistão que se move dentro...

  • Bombas de líquidos
    As válvulas de entrada e saída só permitem que o líquido se mova na direção desejada e evitam a contaminação ou refluxo no sistema. O pistão é normalmente...

  • Bombas de transferência de fluidos
    As dinâmicas, também conhecidas como cinéticas, energizam o fluido, a fim de aumentar a velocidade para um valor maior do que a porta de saída pode suportar,...

  • Bombas dosadoras de diafragma
    Com as taxas de alta precisão, uma quantidade exata de líquido é bombeada em intervalos pré-determinados. Este tipo particular de equipamento de medição...

  • Bombas dosadoras eletrônicas
    A introdução cíclica de grandes quantidades consistentes de fluido em um córrego de fluxo contínuo garante a homogeneidade essencial para muitos fluidos...

  • Bombas dosadoras químicas
    A câmara das bombas dosadoras de produtos químicos é uma câmara cilíndrica de comprimento semelhante ao pistão. Geralmente é apenas um pouco maior do que...

  • Bombas peristálticas
    No setor químico, em laboratórios, indústrias médicas, farmacêuticas, de tratamento de esgoto, na construção civil, em indústrias de embalagens, na agricultura,...

  • Equipamentos de medição
    Bombas dosadoras, tanto manuais quanto automatizadas, são implementadas nas operações diárias de diversas indústrias, incluindo a indústria química, a...

  • Sistemas de medição
    Existem quatro tipos comuns de sistemas de medição. Os modelos de bombas dosadoras de diafragma utilizam uma membrana vibratória para mover fluidos de...


  • Google