As caldeiras de alta eficiência são tanques ou vasos que realizam a transferência de energia térmica a partir de uma fonte de calor para a água ou vapor e, em seguida, recuperam o calor que normalmente escapa através da combustão. Uma caldeira de condensação é a mais eficiente, com eficiência superior a 90%.

Empresas relacionadas a caldeiras de alta eficiência

ABC Torres Equip. e Man. Industrial

Rua Maria Silva, 16 Cj 22 - São Bernardo do Campo - SP - CEP: 09770-020
Telefone fixo: (11) 3412-4782
E-mail: vendas@abctorres.com.br
http://www.abctorres.com.br/

ALFAMEC CALDEIRARIA E USINAGEM

Rua Antônio Prado Júnior, s/n - Jundiaí - SP - CEP: 13215-003
Celular: (11) 9685-6021
E-mail: vdrindustrial@gmail.com

Caldeiras de Condensação - Caldeiras de Alta Eficiência

Avenida Júlio de Castilhos, 3172 sala 02 - Caxias do Sul - RS - CEP: 95010-002
Telefone fixo: (54) 3225-3488
E-mail: ricardo@sulclimatizacao.com.br
http://www.hidromaster.com.br/

FACAS INDUSTRIAIS NAVALHAS LAMINAS FACAS CIRCULARES GERAL

Avenida Cangaíba, 2941 SALA 01 - São Paulo - SP - CEP: 03711-001
Telefone fixo: (11) 2682-2787
E-mail: sidney@fenixfacasindustriais.com.br
http://www.fenixfacasindustriais.com.br/

As mais eficientes exigem menos combustível, o que é benéfico para o ambiente e desta forma reduz custos, fazendo com que sejam um bom investimento. Mesmo que inicialmente o custo seja maior, a economia de combustível mais do que compensa o valor da aquisição.

Os modelos variam em tamanho e formato, dependendo da saída desejada e aplicação. As industriais são, muitas vezes, enormes devido ao tamanho do espaço ou a necessidade de ter água quente para uso em processos de fabricação. Estes equipamentos são construídos em ferro fundido, alumínio, aço ou aço inoxidável. Eles recebem classificação de A a G, com base em sua eficácia, "A" estão as de condensação, enquanto as convencionais com mais de 15 anos são normalmente administradas em uma classe "G". As de alta eficiência são usadas sempre que a água quente ou calor é benéfico ou necessário, como em escolas, escritórios, fábricas, instalações de produção e outros edifícios. As móveis fornecem água quente ou vapor de energia em situações de emergência ou em locais temporários.

Os primeiros passos do processo são idênticos aos das caldeiras convencionais, o calor é gerado através da queima de combustíveis como lenha, carvão ou gás natural. Os gases quentes são produzidos e armazenados em hastes de metal ou tubos chamados trocadores de calor que estão imersos na água ou que contêm a própria água. O calor é transferido para a água, que aumenta em temperatura ambiente, e aumenta o vapor de água ou vapor. Em tipos convencionais o vapor seria liberado através da combustão, porém, as de alta eficiência retêm e condensam o vapor de volta à água. O calor latente é capturado e utilizado, tornando assim a caldeira de alta eficiência. Esses tipos normalmente possuem trocadores de calor de dupla combustão e selados, considerando que as velhas com eficiências mais baixas possuem uma luz piloto e trocadores de calor com resíduos pesados e perdem uma grande quantidade de energia térmica.

Elas são classificadas pela sua eficiência na utilização de combustível ou uma medida de como o aparelho usa o combustível ao longo de um ano. Ele compara a relação entre a produção de calor para o total de energia consumida pela caldeira, uma avaliação de 93% significa que 93% do combustível ou a energia usada torna-se o calor e perde-se um total de 7%.