Muitas indústrias usam os sistemas de refrigeração de água para proteger máquinas e equipamentos valiosos contra o processo de superaquecimento; os chillers de água, ou refrigeradores de água, são frequentemente usados nestas situações, a fim de manter um fornecimento constante de água gelada disponível.

Empresas relacionadas a chillers de água

Manutenção em Refrigeração Industrial

Rua Jaime dos Santos Augusto Filho, 567 - Guarulhos - SP - CEP: 07075-000
Telefone fixo: (11) 2459-0790
E-mail: [email protected]
http://www.grupofriotec.com.br/

Automação industrial e reforma de equipamento

Avenida Romeu Samarani Ferreira, 265 - Porto Alegre - RS - CEP: 91750-740
Celular: (51) 9319-1619 - Celular: (51) 9211-9797
E-mail: [email protected]
http://www.fchr.com.br/

Mecalor Soluções em Engenharia Térmica Ltda.

Rua da Banduira, 219 - São Paulo - SP - CEP: 02181-170
Telefone fixo: (11) 2188-1700
E-mail: [email protected]
http://www.mecalor.com.br/

Máquinas de solda, equipamentos de moldagem por injeção, coolers, máquinas de imagens médicas, cortadores a laser e muitos processos de fabricação podem ser configurados para usar sistemas de refrigeração de água com a finalidade de regulação da temperatura. Esses aparelhos podem ajudar a fornecer um ambiente estável termicamente tanto para processos industriais quanto para as instalações inteiras. Algumas especificações a serem observadas incluem as taxas de condensação e evaporação, fonte de energia, capacidade de refrigeração, tipo de compressor, a potência do compressor e os níveis de temperaturas nos quais o chiller pode funcionar.

Esses equipamentos usam a absorção da água ou os ciclos de compressão de vapor de refrigeração para produzir seu efeito de resfriamento. Ambos os processos envolvem um refrigerante que absorve o calor da água, pois evapora e, em seguida, libera calor para a atmosfera como se condensa. Alguns fluidos refrigerantes comuns incluem o dióxido de amônia, enxofre, álcool, água salgada, fluorocarbonetos e metano. O processo de absorção utiliza uma fonte de calor para conduzir o ciclo de refrigeração, enquanto o processo de compressão de vapor usa um compressor de gás para conduzir o mesmo ciclo. Durante a fase de condensação, um fluido de fora do sistema é passado sobre as bobinas do condensador para resfriar o vapor refrigerante comprimido e torná-lo um líquido novamente. A água é muito eficaz nessa tarefa, mas também pode complicar o processo, exigindo uma bomba de água e uma saída para a água aquecida, como uma torre de resfriamento. Os resfriadores a ar são mais simples, usando o ar ambiente para soprar o ar sobre e ao redor dos tubos do condensador, levando um pouco da energia do calor para a atmosfera.