Os modelos de alta pressão convertem a energia hidráulica dos fluidos altamente pressurizados em energia mecânica necessária para gerar força e movimento linear ao longo de um plano pré-determinado. Os cilindros pesados como estes são necessários em uma série de indústrias para levantar, puxar, empurrar, inclinar, virar, prensar e movimentar cargas anexas e as ligações mecânicas.

Empresas relacionadas a cilindros hidráulicos de alta pressão

Lycos Equipamentos - Unidades Hidráulicas

Rua Doutor Nilson Teobaldo Schaeffer, 6061 Pavilhão B - Caxias do Sul - RS - CEP: 95013-400
Telefone fixo: (54) 3028-7505 - Telefone fixo: (54) 3028-7575 - Celular: (54) 9143-2112
E-mail: [email protected]
http://www.lycosequipamentos.com.br/

USITEP Industria e Comercio Ltda.

Rua General Câmara, 134 - Piracicaba - SP - CEP: 13424-693
Telefone fixo: (19) 3429-6870
E-mail: [email protected]
http://www.grupojca.com.br/

Informe Comercial

Rua Apóstolo Paulo, 97 Núcleo Pimentel - Ponta Grossa - PR - CEP: 84032-572
Telefone fixo: (42) 3225-7644 - Celular: (41) 8508-0027
E-mail: [email protected]

Manutencao e reparos em equipamentos industriais

Rua Estudante Suely Gomes Vieira, 68 - Macaé - RJ - CEP: 27925-450
Celular: (22) 9921-9474
E-mail: [email protected]

ABV Hidráulica Indústria e Comércio Ltda

Rua André Coppini, 135 - São Bernardo do Campo - SP - CEP: 09780-060
Telefone fixo: (11) 4127-0862
E-mail: [email protected]
http://www.abvhidraulica.com.br/

Farex Indústria e Comércio de Máquinas Ltda

Rua Coronel Arruda Botelho, 216 - Boituva - SP - CEP: 18550-000
Telefone fixo: (15) 3263-5566
E-mail: [email protected]
http://www.farex.com.br/

Estes dispositivos são valorizados por sua atuação como um dos meios mais eficientes de produção de movimento linear de alta potência, contendo um motor relativamente pequeno e um reservatório de fluido pressurizado, capazes de retornar uma força de trabalho muito alta com ganhos substanciais em matéria de energia.

Esses dispositivos intensificam a pressão, oferecendo mais de 10.000 libra-força por polegada quadrada manométrica (psig). Isso é necessário em ambientes industriais, onde a carga anexada ou os componentes mecânicos são excessivamente pesados ou encontrarão muita resistência. Na mineração, na moagem, na geração de energia, em trabalhos de forja e fundição, em turbinas, na moldagem por injeção, na construção, em terraplenagem, na manutenção e em outras aplicações os cilindros hidráulicos se fazem muito importantes nas operações diárias. Eles são responsáveis pela geração de força motriz de equipamentos como guindastes industriais, máquinas de lingotamento contínuo, empilhadeiras, equipamentos de transformação, compactadores, escavadeiras e muito mais. Essas máquinas robustas requerem peças de materiais duráveis como aço inox, bronze, alumínio, ferro fundido, níquel e cromo. Estes materiais devem suportar não só a pressão, o desgaste e o atrito de funcionamento, mas também devem ser compatíveis com os fluidos hidráulicos.

Não apenas o material utilizado, mas a construção do cilindro em si deve ser muito robusta. Eles fornecem a mais sólida construção e são, portanto, a escolha de modelo mais comum. Cada um trabalha em um cilindro de forma semelhante. O fluido hidráulico pressurizado entre 500 10.000 PSI é forçado a entrar no corpo principal do cilindro. Esta pressão então age sobre o pistão, um componente em forma de disco posicionado na seção transversal da câmara, dividindo-a em dois compartimentos. O pistão e as vedações em redor são responsáveis pela construção da pressão que impedem o fluido de circular livremente entre os dois lados do cilindro. A haste é fixada por um ou ambos os lados do pistão e se move dentro e fora do cilindro através de vedantes colocados nas extremidades. Quando o fluido é forçado para dentro do cilindro em baixo do pistão, a haste é estendida ou fica retraída. Esta ação da bomba exerce uma grande força. Os tirantes têm anexados neles barras de aço ao longo do diâmetro externo do cilindro. Como as hastes adicionais aumentam significativamente o diâmetro do cilindro, no entanto, este tipo de peça é mais adequado aos equipamentos relativamente imóveis. Os soldados por outro lado, mantêm a densidade necessária para os dispositivos móveis. Eles são compostos de uma peça sólida de metal com extremidades soldadas, o que lhes permite resistir a pressões extremamente altas.