Os coletores de pó industriais são dispositivos utilizados para minimizar a presença de vários poluentes, a fim de manter um alto padrão de ar limpo em oficinas, fábricas, instalações de fabricação ou qualquer espaço comercial ou industrial.

Os poluentes produzidos nesses ambientes, tais como compostos orgânicos voláteis, hidrocarbonetos e vapores de solventes, podem ter sérias implicações biológicas e ambientais se não forem devidamente retirados do ar e eliminados com uso de máquinas e dispositivos adequados. Devido a isso, graves riscos à saúde estão envolvidos com estes tipos de contaminantes, e por isso mesmo, as agências reguladoras e de seguros exigem que esses equipamentos sejam usados para manter os ambientes de trabalho saudáveis. Algumas regras ainda exigem quanto aos sistemas de insonorização aproriados a serem instalados em torno destas máquinas de coleta, pois elas geram altos ruídos, que prejudicam os trabalhadores.

Os sistemas servem para proteger ainda mais os trabalhadores. Os funcionários não são os únicos beneficiários de um bom sistema de coleta de poeira, já que estes dispositivos melhoram a produtividade e a longevidade do equipamento. Mesmo as quantidades aparentemente inócuas de poeira e detritos podem facilmente tornar-se presos em motores e outros equipamentos, causando danos e falhas nos equipamentos industriais. Ao remover o pó criado como um subproduto da fabricação, os diversos modelos industriais também oferecem a possibilidade de reciclagem ou reutilização dos detritos, por vezes, valiosos. Algumas aplicações feitas em metais, muitas vezes, empregam os de titânio para captar poeiras de metais, rebarbas e detritos para uma economia de custos substancial. Os muitos benefícios são refletidos na sua utilização em uma ampla gama de indústrias, incluindo processamento de alimentos, processamento de metalurgia, aeronáutica, eletrônica, carpintaria e medicina.

Em geral, os sistemas são constituídos por um ventilador, filtro de poeira, sistema de limpeza do filtro, recipiente de pó e sistema de despoeiramento. Cada dispositivo industrial vai empregar a precipitação eletrostática, a filtragem de mídia, a separação de inércia, a filtragem do ar ou qualquer combinação destas técnicas para remover as impurezas do ambiente de trabalho. Os cinco tipos mais comumente utilizados são os separadores inerciais, filtros de mangas, lavadores úmidos, precipitadores eletrostáticos e cobradores de unidade, cada um oferecendo métodos diferentes para necessidades específicas.

Há muitas considerações ao selecionar um coletor de pó industrial,como os tipos de poeira, que podem variar muito, e incluem poeira seca ou em forma de grãos, poeira solúvel em água, poeira pegajosa e úmida, perigosa e outras. Indústrias que produzem poeiras mais perigosos, provenientes de metais como alumínio e titânio, muitas vezes devem usar coletores de pó úmido ou seco em processos que aumentam os perigos potenciais desses subprodutos inflamáveis. A construção dos sistemas em polipropileno é útil para captar as poeiras em ambientes corrosivos, enquanto a construção em aço inoxidável é utilizado na maioria dos outros aplicativos. Não é só o tipo de poeira, mas a forma das partículas também deve ser considerada.