Os condicionadores de ar do tipo split removem calor do ar em um dado espaço através da utilização de componentes que são separados, com a unidade de condensação quente localizados dentro e fora da unidade de tratamento de ar fresco colocado no interior do estabelecimento.

Empresas relacionadas a condicionadores de ar do tipo split

Resende Ar-Condicionado

Rua Um, 72 - Santa Rita do Sapucaí - MG - CEP: 37540-000
Telefone fixo: (35) 3471-7125
E-mail: [email protected]
http://www.resendearcondicionado.com.br/

ABC Torres Equip. e Man. Industrial

Rua Maria Silva, 16 Cj 22 - São Bernardo do Campo - SP - CEP: 09770-020
Telefone fixo: (11) 3412-4782
E-mail: [email protected]
http://www.abctorres.com.br/

AR CONDICIONADO CLIMABEM

Estrada das Taipas, s/n - São Paulo - SP - CEP: 02991-000
Telefone fixo: (11) 3869-0448
E-mail: [email protected]
http://www.climabem.com.br/

Automação industrial e reforma de equipamento

Avenida Romeu Samarani Ferreira, 265 - Porto Alegre - RS - CEP: 91750-740
Celular: (51) 9319-1619 - Celular: (51) 9211-9797
E-mail: [email protected]
http://www.fchr.com.br/

Manutenção e Instalação de Equipamentos de Ar Condicionado

Rua Dardanelos, 234 - Santo André - SP - CEP: 09260-060
Telefone fixo: (11) 4472-6906 - Celular: (11) 8881-9420 - Nextel: (11) 7767-2052 ID 55*152027
E-mail: [email protected]
http://www.refrisanco.com.br/

RCL MONTAGEM HIDRÁULICA E ISOL TÉRMICO

Rua Professor Francisco Pinheiro, 2040 - São Paulo - SP - CEP: 08410-020
Telefone fixo: (11) 2553-9303 - Celular: (11) 8207-4445
E-mail: [email protected]
http://www.rcl.net.br/

Split Shop Ar Condicionado

Avenida Ceará, 470 - Porto Alegre - RS - CEP: 90240-510
Telefone fixo: (51) 3901-5050
E-mail: [email protected]
http://www.splitshop.com.br/

Ambos os componentes externos ou internos são geralmente feitos a partir de metais, como aço inoxidável ou alumínio. É uma crença generalizada, mas equivocada de que o ar condicionado deve estar localizado no espaço, porque na verdade eles removem o calor do ar existentes e reintroduzem o ar de volta para a sala ou edifício, resultando em uma sensação de resfriamento.

Os modelos split são amplamente utilizados, principalmente em armazéns, escritórios de grandes empresas, centros comerciais, instalações industriais e edifícios residenciais. Em alguns casos, a unidade condensadora é colocada no telhado do edifício para economizar espaço e pode haver muitas unidades menores. Para os edifícios muito grandes ou de vários andares, o ar condicionado split não é a melhor opção. No entanto, para muitos propósitos fornecem o resfriamento necessário criando uma temperatura confortável, sem a ruptura de um ventilador. Os filtros são usados para manter o ar limpo e saudável, um benefício que as janelas abertas não podem fornecer. Apesar de serem alimentados eletricamente, apresentam grande benefício para os ambientes em que os ventos ou a brisa natural são insuficientes.

Os sistemas de ar condicionado split têm as mesmas partes como outros tipos de ar condicionados: um compressor, um condensador, uma válvula de expansão, um termostato e pelo menos um ventilador. A fim de fazer circular o ar, a unidade é conectada a um sistema de dutos de ar ou equipamento de tratamento de ar, que fornece o ar fresco através de um edifício. Em prédios maiores, esse sistema não é eficaz porque os tubos entre o condensador e o manipulador de ar são muito longos o que é problemático para o compressor. Para além da divisão entre as partes quente e fria do ar condicionado, ocorre-se o mesmo que qualquer outro sistema, como unidades de ar portátil ou ar condicionado central. O termostato mede a temperatura do ar atual e indica quando a unidade deve operar.

Os condicionadores de ar dependem de um produto químico chamado de refrigerante que muda rapidamente de um gás para um líquido, o freon é o mais utilizado entre os aparelhos de refrigeração. Este produto químico está contido nas bobinas no interior do corpo da unidade principal. Sob pressão do compressor, o refrigerante muda de um gás frio para um gás quente, ele condensa novamente em líquido quando o gás atravessa as bobinas e o calor se dissipa. O líquido é forçado através da pequena abertura da válvula de expansão que faz com que o líquido evapore em um gás frio. O gás percorre novamente as bobinas, mas absorve o calor do ar de entrada, resfriando o espaço.