A corda de manila é utilizada na elaboração de artesanato, bolsas, tapetes, roupas, móveis, paisagismo, em peças e cercas decorativas, devido ao seu apelo visual. Mais do que estética, a fibra natural do abacá, também conhecido como cânhamo-de-manila, é utilizado na produção, já que é resistente à luz UV e água, tornando-se particularmente útil em contextos exterior e no mar, justamente por sua capacidade de manter laços com firmeza.

O material é de rápida absorção de força e resistente a pressão, permitindo o uso seguro em roldanas e guinchos. Embora ela queime em temperaturas superiores a 100 graus Celsius, elas não derretem como muitos produtos sintéticos. Esta resistência ao calor aumenta a capacidade mecânica. Embora ela não estique, pode encolher quando molhadas. Quando uma corda molhada seca, ela pode tornar-se dura e rígida. Por este motivo, muitas novas são imersas em água e secas antes do uso inicial para que não haja diminuição adicional do produto.

É confeccionada com as fibras da planta abacá. Este espécime tropical é nativa das Filipinas, fazendo com que o país seja um dos maiores produtores de cabo de manila. Estas fibras naturais podem ser trançadas ou torcidas, embora o estilo torcido seja o mais procurado. Como sua textura e maciez variam de planta para planta, a origem se deve ao grau ou classificação do abacá. Esse detalhe leva em conta a força, o comprimento das fibras, forma de limpeza e a cor do cânhamo de Manila. As qualidades naturais destas fibras são frequentemente reforçadas com tratamentos como cobre, alcatrão ou sebo para minimizar a perda de força devido a fungos, mofos ou mesmo podridão, além de adicionar proteção contra situações de estresse elevado. Enquanto as fibras do abacá resistem à água e luz solar, elas não são resistentes à corrosão química. Os tratamentos disponíveis podem fornecer este recurso e prolongar a vida útil. Embora a forma de manipulá-la seja importante, outras considerações incluem força, resistência à abrasão, flexibilidade, etc. Os fabricantes podem fornecer informações sobre os requisitos de cada modelo para uma tarefa específica.