As cordas de nylon podem ser usadas para proteger fardos na agricultura e cargas paletizadas em navios. Elas são utilizadas extensivamente como linhas de ancoragem em docas e estaleiros; amarras que são usadas para proteger embarcações nos portos. São particularmente bem adequadas para aplicações de atracação de embarcações por causa de sua resistência à podridão e sua capacidade de suportar o estresse constante.

Empresas relacionadas a corda de nylon

Celpan Indústria e Comércio de Plásticos Ltda

Avenida Guilherme Cotching, 1171 - São Paulo - SP - CEP: 02113-013
Telefone fixo: (11) 2967-7040
E-mail: contato@angare.com
http://www.poliuretanoexpandido.com.br/

Casa das Cordas Ltda.

Rua Paula Sousa, 161 - São Paulo - SP - CEP: 01027-001
Telefone fixo: (11) 3322-9555
E-mail: vendas@casadascordas.com.br
http://www.casadascordas.com.br/

Plasmódia Cabos e Cordas

Avenida Chiyo Yamamoto, 267 - Guarulhos - SP - CEP: 07176-040
Telefone fixo: (11) 2088-9922
E-mail: plasmodia@plasmodia.com.br
http://www.plasmodia.com.br/

O único inconveniente importante para seu uso em contextos marinhos é a sua flutuabilidade, pois se a corda de nylon cair acidentalmente na água, ela irá afundar. O polipropileno, que é flutuante, é uma alternativa popular para a linha de amarração de nylon para uso em embarcações de pequeno porte.

Esta foi a primeira corda de fibra sintética fabricada e é ainda uma forma muito popular devido a seus muitos atributos favoráveis. Normalmente, dura de quatro a cinco vezes mais que as de fibra natural. Foi uma utilidade essencial para a civilização desde a pré-história. Durante séculos, elas eram torcidas ou trançadas, feitas de fibras naturais, sendo que foram utilizadas por marinheiros, comerciantes, por empresas de construção e em muitos outros contextos. Em contextos industriais e comerciais, fibras naturais ainda é bastante utilizada, mas são tranquilamente substituídas pelas fibras sintéticas como o nylon. A maioria das fibras sintéticas são derivadas de produtos petroquímicos, e processamentos químicos de que vêm com imensos custos financeiros e ambientais. Embora o desenvolvimento de polímeros sintéticos represente apenas uma fração da demanda global de produtos petroquímicos, é um percentual significativo. Por essas e outras razões, algumas empresas ainda escolhem as fibras naturais como boas soluções. No entanto, a corda de nylon e similares sintéticos à base de fibras são muito mais populares e muitas vezes menos caras em comparação com composições alternativas.