Há muitos processos industriais nos quais a transmissão de energia entre duas máquinas é necessária. Seu uso remonta ao tempo da implantação das máquinas modernas em processos industriais, as unidades de produção no início e uma grande variedade de outros equipamentos, tudo dependia das correias de transmissão de energia.

Empresas relacionadas a correias de transmissão de energia

SOBROU MATERIAL DE CONSTRUÇÃO DA SUA OBRA OU DE SUA REFORMA?

Rua João Borges, 409 - Londrina - PR - CEP: 86063-290
Celular: (43) 9649-6262
E-mail: [email protected]
http://WWW.TROCATUDOCONSTRUCAO.COM.BR/

Equipamentos de mineração, máquinas de fabricação, automóveis e até mesmo pequenos utilitários, como máquinas de costura exigem o uso de correias de transmissão. Devido a enorme variedade de máquinas em que são necessárias, existe também uma imensa variedade  para acomodá-los e de diversos tipos, uma para cada aplicação. Essa variedade inclui modelos muito grandes e sem fim para uso em equipamentos de grande porte, bem como redondas e pequenas para uso em equipamentos menores.

Elas são fabricadas com especificações variadas. Pesados cinturões industriais são normalmente feitos de materiais fortes e muitas vezes podem ser resistentes a temperatura extrema e a produtos químicos. As leves podem ser feitas de materiais menos resistentes, o que pode ser menos caro e mais apropriado para aplicações menos exigentes.

Como a tecnologia continua a avançar, a vida útil e o desempenho têm aumentado consideravelmente. O advento de materiais como borracha sintética neoprene, silicone, poliuretano (às vezes erroneamente referido como uretano) e outros, expandiu os horizontes de equipamentos dos processos industriais.

Itens como temperatura, propriedade química e a resistência a pressão de alguns materiais de borracha sintética permitiram seu uso em aplicações que antes eram muito exigentes e em locais de difícil aplicação. A tecnologia melhorou muito sua qualidade e também tem contribuído para a melhoria da segurança do equipamento e do usuário, no que tange sua utilização, reduzindo a probabilidade de quebra, reduz as chances de os danos em cascata ocorrerem e danificar peças e outros equipamentos que podem ser causados por falha da correia durante a operação de uma máquina. Embora ainda seja importante operar cuidadosamente estes equipamentos em qualquer aplicação, a combinação de manutenção adequada e do bom funcionamento ajudará a garantir em longo prazo, sua utilização e um resultado eficaz do equipamento.