A graxa, um dos lubrificantes mais comuns, funciona excepcionalmente bem para máquinas que não precisam ser lubrificadas com muita frequência, sendo aplicada com um dispensador de graxa.

Empresas relacionadas a dispensador de graxa

Telas Touch Screen

Rua Rui Barbosa, 1775 - Joinville - SC - CEP: 89220-100
Telefone fixo: (47) 3121-9591 - Telefone fixo: (47) 3418-0342
E-mail: [email protected]
http://www.clpcenter.com.br/

Lupus Equipamentos para Lubrificação e Abastecimento

Rua Lupo Panelli, 303 - Cerquilho - SP - CEP: 18520-000
Telefone fixo: (15) 3384-8484
E-mail: [email protected]
http://www.lupuslubrificacao.com.br/

Como a graxa é grossa e viscosa, ela pode ser usada em aplicações em que o petróleo líquido de um dispensador de óleo não poderia. Formada a partir de uma mistura de óleo e sabão, ela pode receber vários aditivos na mistura para desenvolver as características desejadas. Por exemplo, um aditivo de Teflon nela produz propriedades de lubrificação melhorada. Comumente vistos na indústria automobilística, os modelos de dispensadores de graxa são essenciais para diversas indústrias, incluindo: a de produção industrial, para a lubrificação de máquinas de montagem; nas indústrias farmacêuticas, para uso em laboratórios de pesquisa; nas indústrias de alimentos e bebidas, para a lubrificação de equipamentos de embalagem; e na construção, para lubrificar vários equipamentos e suprimentos, tais como ferramentas manuais de energia.

A viscosidade deste material é reduzida sob cisalhamento, que é definido como o estresse aplicado de forma paralela ou tangencial, ao invés de ser aplicada a tensão normal, que é aplicada em um método perpendicular. Quando um nível suficiente de cisalhamento é alcançado, a viscosidade da graxa cai e se torna semelhante ao do óleo líquido, assim funcionando como um lubrificante. Os distribuidores de graxa, em geral, são compostos por três componentes essenciais: uma bomba, um conjunto de engrenagens e algum tipo de sistema de controle ou recurso. Esses dispensadores possuem um motor, que pode ser de acionamento manual, eletromecânico e pneumático. O motor também é alimentado através de uma alavanca manual. Os distribuidores de graxa muitas vezes empregam uma bomba de deslocamento positivo, que funciona prendendo uma quantia fixa deste material e, em seguida, injeta esta graxa nas linhas de alimentação. Estes dispositivos podem alimentar uma ou mais áreas de lubrificação. Os tipos destes dispensadores que têm um único ponto de lubrificação são usados em aplicações de máquinas de pequeno porte, enquanto os modelos de distribuidores com múltiplos pontos de lubrificação são usados para médias e grandes máquinas.