Um dispensador de óleo lubrificante é um equipamento destinado a armazenar e distribuir óleo lubrificante. Os modelos estão disponíveis em ambos os modelos fixos e móveis.

Empresas relacionadas a dispensador de óleo

Telas Touch Screen

Rua Rui Barbosa, 1775 - Joinville - SC - CEP: 89220-100
Telefone fixo: (47) 3121-9591 - Telefone fixo: (47) 3418-0342
E-mail: marketing@clpcenter.com.br
http://www.clpcenter.com.br/

Lupus Equipamentos para Lubrificação e Abastecimento

Rua Lupo Panelli, 303 - Cerquilho - SP - CEP: 18520-000
Telefone fixo: (15) 3384-8484
E-mail: lupus@lupuslubrificacao.com.br
http://www.lupuslubrificacao.com.br/

Os sistemas de lubrificação exigem reposição regular de lubrificantes e embalagens de óleo que armazenam grandes quantidades de lubrificante para suprir o estoque de um lubrificador.

Embora existam vários projetos de tipos de dispensador, os modelos comerciais normalmente se assemelham a uma bomba de gasolina e incluem uma mangueira e um bocal conectado a uma unidade maior. Estas unidades vêm em uma variedade de tamanhos e com diferentes capacidades de exploração. Os modelos portáteis podem ser usados para carregar rapidamente pistolas de graxa e latas de óleo que são utilizados nos processos diários.

Os dispensadores de óleo ou lubrificadores são sistemas de lubrificação que são utilizados exclusivamente para dispensar óleo. Os óleos lubrificantes normalmente não são orgânicos, mas de base mineral como o petróleo, isso significa que são substâncias que naturalmente foram alteradas por processos geoquímicos através das rochas porosas ou de um determinado plâncton em ambientes subterrâneos. O óleo mineral degrada, mas não tão rapidamente como o óleo orgânico é capaz. Os óleos sintéticos que foram especialmente projetados com o intuito anticorrosivo e de controlar o desgaste e outras características positivas como sua resistência também são dispensados por equipamento de lubrificação.

Os distribuidores de óleo são importantes para o funcionamento de diversos tipos de equipamentos, e seu uso se estende ao longo de um grande número de contextos industriais. Tal como os dispensadores de graxa, que são incrivelmente similares às embalagens de óleo, estes dispositivos podem ser encontrados em todos os tipos de plantas de processamento, como por exemplo, de ferramentas industriais, alimentos e bebidas, embalagens e de impressão. O equipamento de montagem e processo que é a espinha dorsal de todas estas indústrias requer um equipamento de lubrificação em grandes quantidades para proteger e manter a funcionalidade de suas máquinas. As indústrias automotivas também utilizam os dispensadores de óleo para manter suas máquinas em atividade e sem a ocorrência de problemas durante o seu funcionamento, bem como manter a qualidade do veículo que é produzido. Como um computador, os carros são um bom exemplo de como a lubrificação é importante, o começo na etapa de fabricação da base até a manutenção de uma única peça pelo proprietário. Como consumidores responsáveis que querem produtos que durem por mais tempo, o proprietário de um computador ou de um carro deve utilizar lubrificantes para manter seus produtos. Os distribuidores de óleo também podem se referir a contextos de produtos de consumo em projetos de pequeno porte e simples, estes dispositivos podem ser um recipiente de metal pequeno, com um bocal e tampa, para conter pequenas quantidades de óleo vegetal para utilização doméstica.

Os sistemas utilizados pelos dispensadores de óleo podem ser abertos ou fechados, em um sistema aberto, o recipiente não é selado e podem haver contaminantes externos no momento de sua utilização, por exemplo, durante o enchimento, o transporte, ou eliminação, o sistema não está selado, tornando um fator negativo para este sistema, como um fator positivo, este é um sistema reutilizável, portanto, não adiciona alto custo em sua utilização. NO sistema fechado, durante o transporte, distribuição e descarte o recipiente está selado. Em um típico sistema fechado, você pode ver um tubo ou tambor inserido na unidade de embalagem. Até o usuário final o tubo permanece com o recipiente. Então, para cumprir o propósito, um equipamento é acoplado ao dispensador no local para que o mesmo possa ser utilizado e para mantê-lo completamente apertado, uma porta de ventilação filtrada precisa ser incorporadas ao acoplador para protegê-lo de partículas encontradas no ar, evitando que entre no recipiente no momento da dispersão.