Os eixos cardans variam em comprimento e diâmetro e são compostos por um eixo com um conjunto em cada extremidade. Eles são mais comumente utilizados em automóveis como conexão para transmitir a potência do motor para a transmissão, que por sua vez transmite para o diferencial e na sequência para as rodas.

Empresas relacionadas a eixos cardans

Excelencia em lubrificaçao industrial

Rua Capitão Danilo Paladini, 352 - Petrópolis - RJ - CEP: 25645-111
Telefone fixo: (22) 2580-4241
E-mail: [email protected]

DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA CAD 2D e 3D

Rua Agenor Porto, 102 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 21511-490
Telefone fixo: (21) 2473-2790 - Celular: (21) 9321-8100
E-mail: [email protected]
http://www.mecseg.com.br/

SOBROU MATERIAL DE CONSTRUÇÃO DA SUA OBRA OU DE SUA REFORMA?

Rua João Borges, 409 - Londrina - PR - CEP: 86063-290
Celular: (43) 9649-6262
E-mail: [email protected]
http://WWW.TROCATUDOCONSTRUCAO.COM.BR/

Termovisores Testo

Rua Doutor Guilherme da Silva, 190 - Campinas - SP - CEP: 13015-028
Telefone fixo: (19) 3731-5800
E-mail: [email protected]
http://www.testo.com.br/

A peça é acoplada ao pinhão ou eixo de entrada do diferencial, que está engrenado com a coroa e este conectado a caixa de engrenagens. Esse conjunto transmite o movimento dos semi-eixos e estes para as rodas, dependendo se o carro é tração dianteira, tração integral, ou tração nas rodas traseiras. Em um veículo de tração nas quatro rodas, dois veios de transmissão são freqüentemente utilizados e são conectados com uma junta universal.

Eles também são utilizados em motos como uma alternativa para as unidades de correias e correntes na relação, a sua função em barcos motorizados é conectar a transmissão dentro da embarcação, diretamente para a hélice, ainda se tratando de veículos e empresas de transporte, esses eixos também são muitas vezes componentes de caminhões, tratores e muito utilizados em empresas ferroviárias. No ambiente industrial onde também são muito encontrados, estão em aplicações como plataformas de petróleo, instalações de tratamento de esgoto, moinhos, sistemas de irrigação, fábricas de papel e celulose, siderúrgicas, entre outras, onde há necessidade de equipamentos pesados como pontes rolantes, carros de transferência, entre diversos outros equipamentos.

Estes dipositivos são geralmente ocos, mas grandes em diâmetro de modo que eles se apresentam fortes e rígidos o suficiente para suportar a torção e tensão de cisalhamento, evitando muito peso adicional. Tipicamente, o aço de carbono elevado é utilizado na fabricação destes componentes, embora este material seja muito pesado. O alumínio e ligas de aço estão sendo experimentadas em algumas aplicações, porque eles são uma alternativa forte e leve. Novos avanços em tecnologia no estudo de resistência dos materiais estão desenvolvendo alternativas para materiais de acionamento. Os compostos mais comuns para matriz polimérica são as fibras de vidro, fibras de carbono e as fibras híbridas de vidro e carbono. Os compostos são preferíveis em relação ao aço, porque eles podem operar em rotações por minuto mais elevadas do que o aço com as mesmas dimensões. No entanto, os pontos fortes de alguns compostos são mais fracos do que o aço, e, portanto, muitas pesquisas são necessárias para que de fato os eixos de acionamento estejam amplamente disponíveis.

Os métodos de construção mais comuns para esses dispositivos de tamanha importância são semelhantes aos acoplamentos e incluem a eletroformação, deposição química, conformação mecânica e soldagem. Os eixos de transmissão eletroformados são feitos por adição de camadas de metal em um mandril até que a espessura desejada seja atingida, assim o mandril é derretido, formando o eixo. A deposição química é um método semelhante, exceto que os materiais são adicionados por eletrodeposição. A conformação mecânica inclui os laminados ou os processos por extrusão. Os eixos de transmissão soldados são confeccionados por soldagem de uma série de anéis ou anilhas em ambas as partes, tanto no interior como na parte externa até ficar lisa e uniforme, para que sejam liberados para operação.