Os elementos de aquecimento de imersão permitem que os aquecedores elétricos possam ser imersos em material líquido ou gasoso. Oferecendo sistemas de aquecimento rápidos e eficientes, esses tipos de elementos de aquecimento também são soluções para aquecer com uma relação custo-benefício bem favorável, pois toda a energia necessária é derivada da substância que necessita de aquecimento.

Empresas relacionadas a elementos de aquecimento de imersão

Braska | Locação de Geradores de Energia

Rua Alfredo Achcar, 970 - Valinhos - SP - CEP: 13270-020
Telefone fixo: (19) 3881-2149
E-mail: contato@braska.com.br
http://www.braska.com.br/

Elétrica Higher Ltda

Rua Sete Lagos, 348 - São José dos Campos - SP - CEP: 12238-510
Telefone fixo: (12) 3931-3511
E-mail: hot@higher.com.br
http://www.higher.com.br/resistencias.html

Os materiais típicos que eles requerem  para serem aquecidos incluem ácidos suaves, óleos, água, ar, sais, banhos de chapeamento e soluções químicas. Como os elementos de imersão de aquecimento são usados para aquecer muitas substâncias corrosivas, são muitas vezes cobertos com uma capa protetora externa. Uma vasta gama de materiais para imersão utilizados inclui titânio, aço inoxidável, Incoloy, cobre, latão e ferro fundido. O aço inoxidável é o melhor material para trabalhar com ácidos suaves, enquanto o Incoloy é melhor para o ar e gases a altas temperaturas, bem como para soluções alcalinas. Algumas indústrias que utilizam elementos de aquecimento imersão incluem a de fabricação, indústrias automotivas, de águas residuais, eletrônica e aeroespacial para aplicações como sistemas de transferência de calor, tanques de armazenamento, aquecedores de óleo e água, vagões-tanques ferroviários e sistemas de caldeiras.

Uma construção típica de um aquecedor de imersão inclui um elemento tubular para aquecer e um terminal elétrico que permanece fora da substância. Geralmente, esses elementos vêm em três tipos principais de estilos: flangeadas ou não flangeadas e de rosca ou parafuso.

O aquecimento por imersão geralmente é feito por um aquecedor de imersão montado no topo do cilindro de água quente. O aquecedor contém uma resistência com isolamento elétrico e sensor de temperatura. Um exemplo de aparelho eletrodoméstico com elementos de aquecimento são os chuveiros elétricos, que utilizam uma resistência blindada que é ativada pela água que passa e desligada quando a torneira está fechada. Os chuveiros e aquecedores elétricos geralmente apresentam varições entre 3 kilowatts a 7.5 kilowatts acordo com a fonte de tensão. Os modelos de aquecedores de imersão industriais (tais como aqueles utilizados em caldeiras a vapor elétricas) podem ser classificado em 100 kilowatts, ou mais, e executados com uma fonte trifásica.