Um forno a gás é uma estrutura fechada que queima o gás para produzir calor para fins industriais. Eles podem ser feitos com vários tipos de elementos resistentes ao calor (refratário) para suportar o uso em longo prazo. O espaço fechado armazena o gás a ser aquecido até que a temperatura desejada seja atingida dentro do forno.

Empresas relacionadas a forno a gás

ABC Torres Equip. e Man. Industrial

Rua Maria Silva, 16 Cj 22 - São Bernardo do Campo - SP - CEP: 09770-020
Telefone fixo: (11) 3412-4782
E-mail: vendas@abctorres.com.br
http://www.abctorres.com.br/

Concertos e reparos, cozinhas industriais

Rua Cerro Corá, 914 - São Paulo - SP - CEP: 05061-100
Telefone fixo: (11) 3021-3351 - Celular: (11) 8646-1649
E-mail: imeque@imeque.com.br
http://www.imeque.com.br/

Fornos para tratamento térmico

Rua Antônio Salles Pupo, 131 - Valinhos - SP - CEP: 13272-360
Telefone fixo: (19) 3871-8730
E-mail: vitor.ciotto@emproin.com.br
http://www.emproin.com.br/

Contraco Máquinas e Equipamentos Ltda.

Rua Coronel Feddersen, 260 - Taió - SC - CEP: 89190-000
Telefone fixo: (47) 3562-0016
E-mail: contraco@contraco.com.br
http://www.contraco.com.br/

O aumento dos preços da eletricidade faz com que os fornos a gás, se tornem uma opção econômica para aplicações de aquecimento, além de reduzir os danos causados ao meio ambiente. A maioria dos novos fornos a gás tende a ser agrupado em uma das duas classes gerais de eficiência: o poder de combustão girando em torno de 80 e 82% e os de condensação que possuem pelo menos 90% de eficiência. Os fornos de condensação são usados na maioria das situações, exceto em climas quentes. Os equipamentos de condensação são muito mais resistentes à corrosão causada pela condensação na unidade ou em uma chaminé. Estes modelos normalmente possuem um escape através de um tubo de plástico que sai através de uma parede lateral, e não precisa usar a chaminé. Como a maioria dos modelos são a gás, poucos fornos de condensação a óleo estão disponíveis.

Os modelos a gás pode vir com diversas opções de controle de temperatura ou ser definido para uma única temperatura, dependendo do processo para que o forno seja usado. Os aparelhos movidos gás têm geralmente um dos seguintes componentes em sua atmosfera: ar ou oxidantes, inertes, redutores, banho de sal ou vácuo. Uma proteção contra excesso de temperatura de serviço, ou orifícios de entrada, três zonas ou mais, portas para interface de computador e software de aplicação são algumas das opções disponíveis para esses fornos. Os fornos a gás usam este elemento natural como fonte de calor. Ao estudar a possibilidade de substituir um aquecedor a gás existente, a decisão de substituí-lo depende da idade do forno, sua condição e desempenho.

A indústria siderúrgica é uma das muitas indústrias que utilizam altas temperaturas, natural de fornos a gás, que produzem grandes quantidades de óxido nitroso por unidade de material processado. Para atender às normas de emissões cada vez mais rigorosas, a tecnologia de combustão foi se desenvolvendo e continua a ser melhorada para o uso com aquecedores a gás. Essa tecnologia fornece produtividade, eficiência e redução das emissões de óxido nitroso de todos os tipos de fornos industriais. Um sistema de aquecimento típico dura cerca de 25 anos, embora alguns fornos a gás possam durar o dobro desse tempo.