Os tanques de combustível de plástico podem proporcionar um armazenamento seguro e um eficaz transporte de substâncias inflamáveis, ou esses produtos podem ser usados para medir o nível de substâncias.

Empresas relacionadas a tanques de combustível de plástico

Fabricante de Células de Carga e Sistemas de Pesagem

Rua Icaraí, 242 - São Paulo - SP - CEP: 03071-050
Telefone fixo: (11) 2091-2426
E-mail: locateli@aephbrasil.com.br
http://www.aephbrasil.com.br/

SOBROU MATERIAL DE CONSTRUÇÃO DA SUA OBRA OU DE SUA REFORMA?

Rua João Borges, 409 - Londrina - PR - CEP: 86063-290
Celular: (43) 9649-6262
E-mail: TROCATUDOCONSTRUCAO@HOTMAIL.COM
http://WWW.TROCATUDOCONSTRUCAO.COM.BR/

Arbo Plástico Rotomoldados Ltda.

Rua Duílio Calderari, 200 - Campina Grande do Sul - PR - CEP: 83430-000
Telefone fixo: (41) 3679-2449
E-mail: comercial@arboplastico.com.br
http://www.arboplasticos.com.br/

Greif Brasil

Avenida Brasil, 6135 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 21040-360
Telefone fixo: (21) 3865-3350
E-mail: vendas.rio@greif.com
http://www.greif.com.br/

A substância mais comum inflamável que normalmente é armazenada neles é a gasolina ou outro tipo de combustível, no entanto outras substâncias inflamáveis, tais como butano, óleo do motor, óleo do transformador e gás natural também são armazenados nos reservatórios de grande ou pequeno porte. Eles têm inúmeras vantagens em relação aos de metal. Essas vantagens incluem a leveza dos plásticos em comparação com os de metal, maior durabilidade, oferecem melhor aproveitamento do espaço do compartimento, maior comodidade, rentabilidade e segurança por não serem explosivos. Eles também são flexíveis, o que permite a expansão dos vapores e sua compressão em caso de acidente. Esses reservatórios podem ser uma parte do sistema do motor onde o combustível é armazenado e impulsionado por uma bomba de combustível, ou lançado em um motor em carros, caminhões, motocicletas, veículos guiados automaticamente, barcos e muito mais. Eles podem ficar fixos acima do solo, além de facilitarem o transporte manualmente. Os tanques pálsticos para combustível são essenciais em setores como o aeroespacial, o automotivo, na construção civil, indústrias de petróleo, navais e militares. Os modelos incluem os tanques retangulares, de fundo cônico, horizontais, cilíndricos e verticais.

Os tanques de combustível plásticos são moldados em uma construção única e sem emenda, que normalmente consiste em pelo menos seis camadas de um determinado material, ou vários materiais diferentes que proporcionam diferentes características benéficas. Normalmente, são feitos a partir destes cinco materiais diferentes: polietileno de alta densidade (PEAD), polipropileno (PP), polietileno reciclado, um adesivo plástico ou álcool etílico vinílico (EVOH). Estes reservatórios podem ser formados por moldagem de injeção, rotomoldagem ou com base em processos de moldagem por sopro. O processo de rotomoldagem começa com um molde aquecido que faz com que o plástico dentro dele se derreta, formando uma reserva para liquido no fundo da cavidade do molde. Em seguida, o molde é girado lentamente, geralmente em torno de dois eixos perpendiculares, resultando em um material derretido fluindo para dentro do molde e aderindo às suas paredes. A última parte é a fase de resfriamento, no qual o molde continua a girar para que uma espessura uniforme seja mantida em todo o tanque de gás. O processo de moldagem por sopro começa com derretimento do plástico, formando-se um tubo oco, um pedaço de tubo com um orifício por onde o ar comprimido pode passar. Em seguida, um gás pressurizado, geralmente ar, é usado para expandir o material quente e pressioná-lo contra uma cavidade do molde. A pressão é mantida até que ele é resfriado. Uma vez resfriado e endurecido, o molde abre-se e a peça é ejetada para fora. Os modelos moldados rotacionalmente serão mais fortes do que os moldados por sopro, que ficam mais suscetíveis e apresentam certa fragilidade nas paredes.